Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Veja a carteira recomendada dos sonhos para dezembro

09/12/2019 - 15:37
Presente de Natal: a Petrobras lidera a carteira que os analistas pediram para Papai Noel (Imagem: Shutterstock)

Diversificar o risco é um princípio básico de qualquer investidor. Por isso, a partir de dezembro, a Carteira Money Times passa a listar também fundos de investimento imobiliário – uma opção cada vez mais procurada pelos brasileiros que desejam uma rentabilidade maior que a renda fixa em tempos de Selic historicamente baixa.

Com base em 62 relatórios de recomendações para o mês (22 carteiras recomendadas de ações, 16 carteiras de dividendos, 12 de small caps e outras 12 de fundos imobiliários), o Money Times listou os 15 ativos mais citados. A Petrobras (PETR4) continua no topo das preferências, com 15 citações.

A nova direção da estatal conquistou os analistas, com uma profunda reestruturação que passa pela venda de ativos, mudança na política de preços e promessas de elevar seu valor de mercado em 45% nos próximos dois anos. O BTG Pactual ficou tão empolgado, que chegou a declarar que “amou” as medidas.

Novo vice

Receita garantida: Rumo garante fluxo de capital com renovação de contrato (Imagem: Divulgação/Rumo)

Já a Rumo (RAIL3) desbancou o Bradesco (BBDC4) na segunda posição da Carteira Money Times, após o TCU (Tribunal de Contas da União) aprovar a renovação antecipada de uma concessão estratégica – a Malha Paulista.

A companhia ferroviária empata com a Taesa (TAEE11), transmissora de energia elétrica que é listada como a melhor pagadora de dividendos do momento.

A Carteira Money Times apresentou desempenho superior ao Ibovespa, principal indicador da B3 (B3SA3), entre 06 de novembro, quando foi publicada a versão anterior, e 6 dezembro. Enquanto a carteira subiu 3,06% no período, o Ibovespa passou de 108.352 para 111.125 pontos – uma alta de 2,56%.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Mudanças

A principal novidade da edição deste mês é a inclusão dos fundos imobiliários mais indicados, entre 45 opções analisadas por 12 especialistas. A estreia desses ativos na Carteira Money Times é representada pela XP Log (XPLG11), CSHG Real Estate (HGRE11) e BTG Pactual Corporate Office (BRCR11).

Além disso, deixaram a Carteira Money Times: Bradesco (BBDC4), IRB (IRBR3), Suzano (SUZB3), Localiza (RENT3), Magazine Luiza (MGLU3) e Via Varejo (VVAR3). Entraram na lista: Banco do Brasil (BBSA3), JBS (JBSS3), CVC (CVCB3) e Arezzo (ARZZ3).

Veja, a seguir, a Carteira Money Times de dezembro.

Empresa Ticker Origem Indicações Peso na carteira
Petrobras PETR4 Geral 15 12,8%
Rumo RAIL3 Geral 10 8,5%
Taesa TAEE11 Dividendos 10 8,5%
Vale VALE3 Geral 9 7,6%
B3 B3SA3 Geral 8 6,9%
Banco do Brasil BBSA3 Geral 8 6,9%
JBS JBSS3 Geral 8 6,9%
Itaú Unibanco ITUB4 Geral 7 6%
Lojas Renner LREN3 Geral 7 6%
Pão de Açúcar PCAR4 Geral 7 6%
XP Log XPLG11 FIIs 6 5,1%
CSHG Real Estate HGRE11 FIIs 6 5,1%
BTG Pactual Corporate Office BRCR11 FIIs 6 5,1%
CVC CVCB3 Small caps 5 4,3%
Arezzo ARZZ3 Small caps 5 4,3%
Total 117 100%

* Disclaimer

A Carteira Money Times é um apanhado de informações extraída das carteiras recomendadas e sugeridas de corretoras, casas de análise e publicadoras de conteúdos financeiros. Ou seja, trata-se de dados públicos. Selecionamos as 10 ações mais indicadas no mês. Em caso de empate, todas as ações são incluídas e o peso é dividido. Isso elimina qualquer tipo de seleção por parte da nossa redação.

Última atualização por Gustavo Kahil - 09/12/2019 - 23:31