Pesquisa Eleitoral

Boca de Urna: Institutos não farão levantamento no dia da Eleição

29 set 2022, 16:31 - atualizado em 29 set 2022, 16:31
Seção eleitoral, eleições, votação
(Imagem: Tânia Rêgo/ Agência Brasil)

Pela primeira vez desde a redemocratização, o primeiro turno das eleições presidenciais não terão pesquisa de boca de urna. Realizado com eleitores na porta de suas seções eleitorais, o levantamento é divulgado no momento que a votação é encerrada as 17h.

Os institutos Ipec, Quaest, Datafolha e outros que acompanharam o processo eleitoral e divulgaram as pesquisas de intenção de voto ao longo das últimas semanas e meses decidiram não realizar a pesquisa de boca de urna.

As justificativas para o não realizar o levantamento são a rapidez da justiça eleitoral em divulgar os dados parciais e o custo para se aplicar e divulgar a pesquisa de boca de urna no dia da votação e com abrangência nacional.

Como comparação, em 2018 o Tribunal Superior Eleitoral começou a divulgar as primeiras parciais de votação para presidente com menos de 30 minutos depois de encerrada a votação, e a totalização foi encerrada as 21h20.

No mesmo ano, o Ibope, única empresa a realizar a pesquisa de boca de urna, gastou com o levantamento R$ 347.653,33. O valor foi pago, a princípio, pela própria empresa, que ouviu 30 mil pessoas.

MONEY TIMES NAS ELEIÇÕES 2022!

Assista à série especial com as propostas para a economia dos candidatos à Presidência da República! Siga o Money Times no Facebook!

Editor
Formado em jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo, é editor de política, macroeconomia e Brasil do Money Times. Com passagens pelas redações de SBT, Record, UOL e CNN Brasil, atuou como produtor, repórter e editor.
Linkedin
Formado em jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo, é editor de política, macroeconomia e Brasil do Money Times. Com passagens pelas redações de SBT, Record, UOL e CNN Brasil, atuou como produtor, repórter e editor.
Linkedin