Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Bolsa americana ainda pode perder de 10% a 14% de valor, calcula a Eleven

26/02/2020 - 16:19
Mercados Wall Street NYSE
Reflexo: desvalorização da bolsa americana afeta a brasileira (Imagem: REUTERS/Bryan R Smith)

Embora afirme que é hora de os investidores manterem a calma, diante do agravamento da epidemia de coronavírus, que se alastrou pela Europa e chegou ao Brasil, a Eleven Financial não enxerga boas perspectivas para as bolsas dos Estados Unidos neste ano.

Segundo a instituição, ainda há espaço para mais perdas até dezembro. Em relatório assinado por Adeodato Netto, Carlos Daltozo e Raphael Figueiredo, a Eleven observa que, se o mercado pesar a mão na revisão do valor dos ativos americanos, a tendência será de mais quedas.

O S&P, índice citado explicitamente pelo trio, pode recuar entre 10% e 14%, segundo as contas da Eleven, “trazendo a projeção para o final do ano para mais próximo de 3000 pontos”. Como comparação, basta lembrar que o S&P perdeu 6,3% entre sexta (21) e terça (25), pressionado pela epidemia.

Por volta das 15h50 (horário de Brasília), registrava ligeira queda de 0,09% e marcava 3.125 pontos.

Não se trata apenas de prever o que acontecerá com o maior mercado de capitais do mundo, já que a desvalorização das empresas americanas tem tudo para pressionar as brasileiras listadas na B3. Mas, apesar da pressão, a Eleven recomenda cautela ao tomar decisões de investimento agora.

Nada de bancar o herói

“Este não é o momento de heroísmo ou de tentar agir de maneira impulsiva”, afirma o trio de analistas. Eles acrescentam que, diante da grande volatilidade dos mercados nos próximos tempos, “tentar imaginar que será capaz de achar o fundo não nos parece uma maneira razoável de comportamento”.

Ou seja, mesmo quem acredita que crises são oportunidades para comprar papéis baratos e lucrar deve saber que ainda virão muitos solavancos nos próximos meses.

Coronavírus: aproveitar a queda da bolsa para comprar ações baratas requer calma (Imagem: China Daily via Reuters)

Isto porque, diante da alta acumulada pelo Ibovespa no ano passado, muitos passaram a acreditar que a renda variável só oscila numa direção – para o alto.

“As altas recentes criaram nos investidores a sensação de que ganhos rápidos e amplos são o novo normal da Bolsa”, diz a Eleven.

“Janelas de correção como esta cumprem papel educacional essencial e devem servir para separar aqueles que realmente têm condição de capturar os verdadeiros ciclos do mercado”, explica.

Assim, para quem deseja aproveitar o momento, a Eleven recomenda o máximo de paciência e racionalidade. “Não é hora de tentar conter um tsunami munido de uma caneca, nem de esperar uma solução mágica”, resume.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Márcio Juliboni - 26/02/2020 - 16:19