Market Makers

Bolsa pode ganhar mais horas de negociação? CEO da B3 (B3SA3) responde

19 nov 2023, 14:44 - atualizado em 19 nov 2023, 14:44

Mais horas de negociação na bolsa do Brasil? É o que pode ocorrer em alguns anos, vê o presidente da B3 (B3SA3), Gilson Finkelsztain. Em entrevista ao podcast Market Makers, o executivo afirma que pretende ‘testar novos horários’.

“Temos um grupo de clientes, principalmente de varejo, que gostaria de negociar contratos a noite, a partir das 19h. Que negociam cripto e outros ativos entre 19h e 22h”, explica.

Atualmente, a bolsa funciona das 10h às 18h. O pregão ganhou uma hora a mais para se adequar ao horário de verão nos Estados Unidos.

Apesar disso, Finkelsztain diz que ‘não é o dono da verdade’ e que se a extensão de horário não der certo, poderá rever a mudança.

“Mas precisamos testar essas coisas e avaliar. Fato é que percebemos que quando fecham os nossos mercados, as plataformas de cripto e de esportes crescem o volume de negociação. Então há uma migração de fluxo de varejo para outros mercados”, observa.

Ouça o episódio na íntegra:

Para o ano que vem, a B3 avalia abrir algumas negociações mais cedo, o chamado pré-mercado.

“Será que se abrirmos às 8h, funcionaria, porque tem Europa aberta? São essas perguntas que a gente tem que testar, avaliar. Faz um teste de 1 ano, 6 meses, e ser for ruim a gente volta”, discorre.

Por fim, o CEO diz que é possível que em algum momento o mercado opere 24 horas por dia, como ocorre com as criptomoedas, mas não agora.

“De noite não sei se faz sentido deixar o mercado aberto 24 horas porque aí talvez você não tenha muita liquidez. Há outro efeito que é a má formação dos preços. Mas você pode ter um token de uma ação, negociado no fim de semana. Esse outro teste virá em algum momento. Mas não acho que será um mercado líquido”, completa.

  • QUEM INVESTE EM PREVIDÊNCIA PODE RECEBER UM PIX DA RECEITA FEDERAL? Fundo pode ser uma boa oportunidade para quem quer pagar menos IR e até aumentar sua restituição; confira no Giro do Mercado clicando aqui:

B3: Opções semanais

Quem investe em contratos de opções também terá novidades, com o vencimento de opções semanais. Hoje as opções funcionam com vencimentos de meses. A medida começa já no final do ano.

“Não de todos os ativos, mas vamos começar com ações, testar. Você terá mais frequência no vencimento. Não devemos chegar ao vencimento diário como é lá fora. Queremos fazer um produto que viabilize gestão de risco para prazos mais curtos”, completa.

Editor-assistente
Formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, cobre mercados desde 2018. Ficou entre os 50 jornalistas +Admirados da Imprensa de Economia e Finanças das edições de 2022 e 2023. É editor-assistente do Money Times. Antes, atuou na assessoria de imprensa do Ministério Público do Trabalho e como repórter do portal Suno Notícias, da Suno Research.
Linkedin
Formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, cobre mercados desde 2018. Ficou entre os 50 jornalistas +Admirados da Imprensa de Economia e Finanças das edições de 2022 e 2023. É editor-assistente do Money Times. Antes, atuou na assessoria de imprensa do Ministério Público do Trabalho e como repórter do portal Suno Notícias, da Suno Research.
Linkedin