Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Europa abre com tendência mista; RBS e Deutsche Bank já divulgaram balanços

26/04/2019 - 5:15
Temporada de balanças diminui apetite dos investidores ao risco; RBS e Deutsche Bank já apresentaram resultados

As bolsas na Europa abriram com tendência mista nesta sexta-feira (26), apesar dos investidores da região seguirem cautelosos a espera da divulgação de resultados corporativos, referentes ao primeiro trimestre de 2019.

O índice principal da Bolsa de Valores de Londres, o FTSE-100, abriu em baixa de 0,04%, aos 7.436,81 pontos. Em Madri, o Ibex-35 iniciou o dia com leve alta de 0,09%, aos 9.507 pontos. Em Frankfurt, o DAX-30 começou o pregão com recuo de 0,02%, aos 12.284,60 pontos. Já em Paris, o CAC-40 registrou avanço de 0,23%, aos 5.570,59 pontos.

Os investidores seguem atentos à temporada de balanços dos três primeiros meses deste ano, operando com cautela nesta sexta-feira, o que justifica a oscilação nos principais índices europeus.

Confira abaixo alguns resultados já divulgados:

Deutsche Bank

Deutsche Bank, principal banco da Alemanha, divulgou nesta sexta-feira (26) um lucro líquido maior que o esperado no primeiro trimestre de 2019, menos de 24 horas após abandonar as negociações de fusão com o Commerzbank.

Europa: Fusão do Deutsche Bank e Commerzbank é cancelada

A instituição financeira alemã reportou um lucro líquido de 201 milhões de euros (US$ 223 milhões) no primeiro trimestre de 2019, o que representa um aumento de 67% em relação ao mesmo período do ano anterior e melhor do que os 29 milhões de euros estipulado por analistas consultados pela Reuters.

RBS

Royal Bank of Scotland (RBS) divulgou um lucro líquido de 707 milhões de libras esterlinas (US$ 912,2 milhões) no primeiro trimestre de 2019, o que representa uma queda de 11% sobre 792 milhões de libras alcançadas no mesmo período do ano passado.

O banco há muito tempo alerta para o possível impacto da saída do Reino Unido da União Europeia, juntamente com um mercado de hipotecas altamente competitivo. No terceiro trimestre de 2018, o RBS reservou 100 milhões de libras para lidar com as incertezas econômicas, incluindo as consequências do Brexit.

 

 

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por - 26/04/2019 - 5:22