Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Bolsonaro defende plantação de cana na Amazônia e diz que Greta faz “showzinho”

11/12/2019 - 16:04
Jair Bolsonaro
O presidente voltou a chamar Greta Thunberg de “pirralha” (Imagem: REUTERS/Adriano Machado)

Em mais uma série de críticas a ambientalistas, o presidente Jair Bolsonaro defendeu hoje seu decreto que libera a plantação de cana de açúcar na Amazônia e voltou a atacar a ativista ambiental Greta Thunberg, de 16 anos, a quem acusou de estar fazendo um “showzinho” na COP-25, a conferência sobre o meio ambiente que acontece em Madri.

“Vocês sabiam que o Estado do Amazonas era proibido de plantar cana-de-açúcar por um decreto presidencial? Espero que o pessoal da COP-25 não venha nos acusar de querer substituir a floresta amazônica por um grande canavial”, disse a empresários durante cerimônia da Confederação Nacional da Indústria em que recebeu a ordem do mérito industrial.

O decreto de 2009 revogado por Bolsonaro proibia o cultivo da cana em regiões consideradas ambientalmente vulneráveis, como a Amazônia e o Pantanal. À época, com a perspectiva de aumento de uso de biocombustíveis e um crescimento para o mercado internacional do etanol, havia o temor de que o cultivo avançasse nessas regiões e prejudicasse o produto brasileiro, pois já existiam críticas de entidades internacionais contra o Brasil por esse risco.

A avaliação do governo foi de que o decreto estava obsoleto e o código florestal, aprovado depois, já colocaria limites para o desmatamento. Ambientalistas, no entanto, alertaram que a alteração pode prejudicar o próprio produto brasileiro, que perde a garantia de ser produzido sem incentivar o desmatamento.

Bolsonaro afirmou que há uma “sanha” em atacar o Brasil na área ambiental, de uma maneira que não se faz em outros países.

“A sanha, a maneira como nos atacam nessa questão ambiental virou uma política econômica. O único país do mundo que agride o meio ambiente, que faz mal ao meio ambiente é o Brasil, segundo eles. Quando é exatamente o contrário. Ninguém tem uma área tão preservada como a nossa”, reclamou.

O presidente voltou a chamar Greta Thunberg de “pirralha” e criticá-la pela sua ação a favor do meio ambiente. A adolescente foi escolhida nesta quarta personalidade do ano pela revista norte-americana Time.

“Tem até uma pirralha que tudo o que ela fala a nossa imprensa dá um destaque enorme”, disse Bolsonaro

“Tem até uma pirralha que tudo o que ela fala a nossa imprensa, a nossa imprensa, pelo amor de Deus, dá um destaque enorme. Ela está agora fazendo o seu showzinho lá na COP-25. Mas tudo bem”, disse.

Mais cedo, ao falar com apoiadores na saída do Palácio do Alvorada, Bolsonaro também havia criticado a ativista ambiental, o ator Leonardo di Caprio e ONGs. Apesar dos indícios de falhas graves no inquérito que levou à prisão de quatro brigadistas em Alter do Chão (PA), acusados de terem posto fogo na floresta, Bolsonaro elogiou a investigação.

Segundo o presidente, o trabalho da polícia foi “impressionante” e os brigadistas “ganhavam dinheiro de ONG para tocar fogo no Brasil”

“Parabéns, bom trabalho. Não é indício, são provas. Quando falei lá atrás que deveria, poderia ter dinheiro de ONG, me esculhambaram aqui”, disse.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Bruno Andrade - 11/12/2019 - 16:04