Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Bolsonaro diz que não se pode vincular caso do senador com dinheiro na cueca ao governo

15/10/2020 - 20:10
Jair Bolsonaro e Maia
Querer vincular esse caso com corrupção do governo não tem nada a ver (Imagem: Alan Santos/PR)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que “não tem a ver” querer vincular o caso envolvendo o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado na véspera com dinheiro na cueca em operação realizada pela Polícia Federal, como se fosse um caso de corrupção do seu governo.

Rodrigues era um dos vice-líderes do governo no Senado até esta quinta, quando deixou o cargo após a operação da PF, autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que envolveu suspeita de desvio de recursos federais remetidos para o governo de Roraima no enfrentamento ao Covid-19.

Em transmissão pelas redes sociais, Bolsonaro reconheceu que o senador “gozava de prestígio” e lamentou o ocorrido. Mas, em vários momentos, buscou se desvincular do caso.

“Querer vincular esse caso com corrupção do governo não tem nada a ver”, criticou.

O presidente disse ainda que há 18 vice-líderes do governo na Câmara e no Senado e que Rodrigues foi afastado. Protestou que “alguns” –sem precisar quem– querem dizer que o “caso de Roraima” seja do governo que comanda porque o senador era “meu vice-líder”.

“Meu governo, até o momento, não tem corrupção. Pode até ser que apareça, mas até o momento é zero”, defendeu.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por André Luiz - 15/10/2020 - 20:10

Cotações Crypto
Pela Web