AgroTimes

Bradesco Asset lança BRFT11, seu primeiro Fiagro após parceria com Farmtech; confira

07 dez 2023, 12:13 - atualizado em 07 dez 2023, 17:50
bradesco fiagro
Fundo busca superar CDI por meio de investimento em direitos creditórios vinculados ao agro e conta com um portfólio diversificado do Bradesco (Imagem: Pixabay/huddlestonco)

O Bradesco Asset lançou nesta semana seu primeiro Fundo de Investimento nas Cadeias Produtivas Agroindustriais (Fiagro), em parceria com a Farmtech, fintech que atua na gestão de crédito para o agronegócio.

O Fiagro Bradesco Farmtech (BRFT11) busca superar o CDI por meio de investimento em direitos creditórios vinculados ao agronegócio e conta com um portfólio diversificado aprovado pela equipe de gestão de crédito da Bradesco Asset.

O valor base da oferta é de R$320 milhões, com possibilidade de aumento até R$400 milhões.

“Este é o modelo que acreditamos que realmente permite que o investidor financie os produtores rurais. “Nós compramos o portfólio de clientes dos produtores e indústrias de insumos. Dessa maneira, temos a carteira mais diversificada possível”, diz Eduardo Junqueira, gerente da área de gestão de crédito estruturado da Bradesco Asset.

  • CONHEÇA A SMALL CAP PARA ‘SURFAR’ NO RALI DE NATAL: Analista revela ação atrativa para investidores aproveitarem o otimismo dos mercados no fim do ano; saiba qual é a empresa no Giro do Mercado desta quinta-feira (7), é só clicar aqui:

O Fiagro conta com valor unitário de R$ 100,00, com rendimentos mensais com carência inicial de 6 meses.

“Este é o modelo que acreditamos que realmente permite que o investidor financie os produtores rurais”, disse Ana Luisa Rodela, head de crédito privado da Bradesco Asset.

Vale lembrar que os fundos contam com isenção do Imposto de Renda (IR) e precisam de 500 cotistas mínimos, segundo nova legislação.

 

 

Repórter no Agro Times
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.