Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Braskem diz que não tem conhecimento sobre oferta de ações para saída de acionistas

Diana Cheng
23/08/2021 - 10:46
Funcionários, Braskem
Uma matéria veiculada pela Bloomberg diz que “uma oferta pública de ações está de volta como uma possível estratégia de saída dos acionistas controladores de uma das maiores petroquímicas do mundo, a Braskem” (Imagem: LinkedIn/Braskem)

A Braskem (BRKM5) disse, em comunicado divulgado ao mercado na última sexta-feira, que não tem conhecimento sobre a realização de uma oferta pública de ações visando a saída dos acionistas Novonor (ex-Odebrecht) e Petrobras (PETR3;PETR4).

A nota foi divulgada após notícia veiculada pela Bloomberg, que diz que “uma oferta pública de ações está de volta como uma possível estratégia de saída dos acionistas controladores de uma das maiores petroquímicas do mundo, a Braskem”.

Com informações vindas de fontes a par do assunto, a Bloomberg disse que a Novonor contratou o Morgan Stanley para vender sua participação de 38,3% na companhia.

Em esclarecimento à Braskem, a Novonor afirmou que está considerando uma potencial transação envolvendo sua participação na empresa e avalia potenciais estruturas para a operação. No entanto, a companhia esclareceu que “não há elementos suficientes para assegurar a concretização de qualquer transação e tampouco foi definida qualquer estrutura para tanto”.

A Petrobras, que detém fatia de 36,1% na Braskem, disse que não há qualquer definição ou decisão sobre a forma de alienação da sua parte. Vale lembrar que a estatal contratou o JPMorgan para assessoramento financeiro da eventual e futura transação.

A Braskem esclareceu ainda que não é parte de eventuais discussões de seus acionistas sobre a venda das suas participações acionárias.

Última atualização por Diana Cheng - 23/08/2021 - 10:46

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto