Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

BTG Pactual: Dimed e Raia Drogasil mostram resistência em meio à crise

08/04/2020 - 13:10
Estréia com pé direito: Panvel é elogiada pelo BTG, em seu primeiro relatório de cobertura (Imagem: Reprodução/Panvel Farmácias)

O BTG Pactual (BPAC11) atualizou seu cenário para o setor farmacêutico, com destaque para duas empresas. A Raia Drogasil (RADL3) teve seu preço-alvo elevado de R$ 90 para R$ 121, e manteve sua recomendação de compra.

O valor representa uma alta potencial de 20% sobre os R$ 100,85 com que fechou nesta terça-feira (7).

O banco também iniciou a cobertura da Dimed (PNVL3), dona da rede Panvel e da distribuidora de medicamentos Dimed. O preço-alvo foi estabelecido em R$ 34, com recomendação de compra. Com isso, o BTG enxerga uma valorização de 35% sobre o fechamento desta terça (R$ 25,14).

Luiz Guanais e Gabriel Savi, que assinam o relatório, explicam que a Raia Drogasil é favorecida por sua escala e capacidade de execução “sem paralelos” no mercado farmacêutico, bem como pela sua expansão para novas regiões, como o Nordeste.

A dupla  destaca ainda a forte fidelidade de sua clientela, com cerca de 4 milhões de consumidores habituais, que lhe garantem 60% das vendas.

Virada

Os analistas observam que a companhia enfrentou problemas em 2018, quando os consumidores priorizaram o preço, em vez da marca, elevando a compra de medicamentos genéricos.

Raia Drogasil RADL3
“Vencedora”: a Raia Drogasil tem futuro “brilhante”, segundo BTG (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

Mas, desde meados de 2019, o BTG acredita que a Raia Drogasil vive “perspectivas brilhantes” e passa por “um ponto de virada”. Por tudo isso, o banco afirma que a empresa é “a vencedora no longo prazo”.

Já a Dimed é vista como uma força regional. Com 444 lojas da Panvel, é a líder do setor farmacêutico no Sul. Além disso, os analistas observam que a elevada densidade de lojas cria uma natural barreira de entrada aos concorrentes no Rio Grande do Sul.

O BTG acrescenta que a Dimed possui uma boa presença no varejo online, de onde provêm 10% de suas vendas. Sua rede também é integrada ao e-commerce, com 23% das vendas via internet retiradas, pelos clientes, em farmácias Panvel.

Outros trunfos são a integração entre as operações de distribuição e venda de medicamentos, e a boa atuação no segmento de produtos de marca própria (mais de 500 produtos, distribuídos entre 18 marcas da Dimed).

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Márcio Juliboni - 08/04/2020 - 13:10