Bunge quer um pedaço de revenda de insumos, mas mira mesmo maior originação de grãos

26/11/2021 - 9:46
Fertilizantes
Venda de insumos para agricultores poderá ter novo peso-pesado no mercado (Imagem: 18/03/2019 REUTERS/Stringer)

A Bunge quer um pedaço de revenda agrícola. A gigante global na comercialização de commodities e processados assinou memorando de entendimento com a Pantanal Agrícola, manifestando interesse em deter participação minoritária no negócio.

Uma das líderes na comercialização de insumos no Centro-Oeste com 11 lojas físicas, mas com a capilaridade de sua rede de 180 vendedores atuando em 64 cidades, a empresa brasileira também tem forte participação no barter.

E isso é o que mais estimula a Bunge, já que aumenta seu poder de atrair mais originação, ou seja, mais clientes, negociando a antecipação de insumos com o recebimento em grãos na colheita.

Para a Pantanal, como diz Roberto Marcon, diretor da Originação da multinacional, o ganho será no aumento de sua capacidade de infraestrutura de armazenagem, já que o acordo prevê investimentos nessa logística.

A conclusão do negócio estará sujeita à aprovação pelo Cade.

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 26/11/2021 - 10:04

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web