Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Burger King: prejuízo aumenta para R$ 162 milhões com impactos da Covid

06/05/2021 - 21:22
Burger King
O Ebitda, que mede o resultado operacional, ajustado ficou negativo em R$ 31,8 milhões, ante os R$ 13,9 milhões do ano passado (Imagem: Unsplash/@sizzzikova)

O prejuízo líquido do Burger King (BKBR3) aumentou para R$ 162 milhões no primeiro trimestre de 2021, ante os R$ 55,6 milhões do mesmo período do ano passado, mostra documento enviado ao mercado nesta quinta-feira (6).

A receita líquida caiu 13%, indo a R$ 562 milhões.

“Durante o primeiro trimestre de 2021 sofremos impactos mais severos da pandemia quando comparado ao primeiro trimestre de 2020”, afirma.

O Ebitda, que mede o resultado operacional, ajustado ficou negativo em R$ 31,8 milhões, ante os R$ 13,9 milhões do ano passado.

Ao longo do período, a companhia realizou a abertura líquida de seis lojas, sendo sete aberturas (três BK’s próprios, 3 BK’s franqueados e 1 Popeyes) e o fechamento de uma franquia.

A empresa encerrou o primeiro trimestre com total de 866 restaurantes da marca Burger King e 45 restaurantes Popeyes.

Digitalização

Para tentar amenizar o prejuízo, a empresa segue sua expansão no digital. As vendas nesse canal subiram 121%, totalizando R$ 161,9 milhões, o que representou 29% da receita.

O delivery teve alta de 142%, crescimento de 13,7 pontos percentuais, representando mais de 70% das vendas digitais.

Veja o documento:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 06/05/2021 - 21:22

Cotações Crypto
Pela Web