Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Buscapé lança plataforma de conteúdo

Renan Dantas
06/08/2021 - 11:08
Buscapé-Mosaico
A ideia é oferecer conteúdo em todos os pontos de contato do usuário. “E se ele não estiver na plataforma do Buscapé, a gente vai trazê-lo de volta”, completa (Imagem: Divulgação)

O Buscapé, marca que pertence à Mosaico (MOSI3), colocou no ar uma nova plataforma de conteúdo em busca de prender ainda mais o consumidor na batalha pelo e-commerce.

A produção de conteúdo não é uma novidade para a Mosaico. O Zoom, seu outro portal de buscas, já faz esse tipo de serviço desde 2011, quando foi fundado. E é justamente essa expertise que a empresa quer levar para o Buscapé.

Para reforçar esse time, a companhia trouxe Clarissa Assumpção, que já teve passagens pela Ágora Corretora, Match.com e Globo, onde trabalhou com desenvolvimento de produtos no TechTudo e GShow.

De acordo com a executiva, a nova área vai levar informações, como comparativos, reviews, vídeos que mostram o funcionamento do produto e um guia de compras, para ajudar o consumidor na hora de escolher qual o melhor produto.

“Nós não temos compromisso só com o preço mas também com o consumidor. Queremos que ele tenha a melhor educação possível sobre quais os produtos, serviços, e o melhor momento de comprar”, aponta Clarissa, que conversou com exclusividade com o Money Times.

Segundo ela, a ideia é oferecer conteúdo em todos os pontos de contato do usuário. “E se ele não estiver na plataforma do Buscapé, a gente vai trazê-lo de volta”, completa. 

“Quando você tem todo um ecossistema, é muito mais interessante. Ele vai ler o conteúdo e fazer toda a jornada dentro do portal. É muito mais interessante acompanhar a jornada do início ao fim, desde o momento em que ele não sabe o que quer comprar, passando por vários serviços, como alerta de preços, histórico e as melhores ofertas”, argumenta. 

Segundo Clarissa, os consumidores têm necessidades e tomadas de decisão diferentes. E aí que a produção de conteúdo pode fazer a diferença entre efetuar a compra ou não.

“Quando se tem um rol de serviços que dá conta desse nível de personalização é muito poderoso, mais do que simplesmente oferecer o melhor preço”, diz.

Para Thiago Flores, CEO da Mosaico, esse é um grande diferencial da plataforma. “Por isso que se fala que a Mosaico é única porque é o único player que entrega tudo isso para o consumidor”, afirma. 

Zoom, Mosaico
Além do conteúdo, a Mosaico também já oferece  cupons de desconto e cashback (Imagem: Facebook/Zoom)

Na visão do Credit Suisse, com a disputa cada vez mais acirrada pelo e-commerce, os sites terão que ir além dos produtos e serviços. 

“Estamos vendo esforços crescentes para as plataformas inserirem conteúdo em seus ecossistemas, com o objetivo de gerar engajamento do usuário”, observa. 

De acordo com o banco, é o engajamento e uma taxa de conversão alta que diferenciará as plataformas que crescem e geram valor para os acionistas dos portais que só crescem.

Além do conteúdo, a Mosaico também já oferece cupons de desconto e cashback.

Pandemia e e-commerce

Durante os períodos mais agudos da pandemia, muitas pessoas que não tinham o hábito de comprar pela internet se viram obrigadas a recorrer ao meio eletrônico, o que trouxe consumidores menos experientes e, consequentemente, com mais dúvidas.  

Clarissa destaca que esse é mais um ponto positivo de desenvolver conteúdo próprio. “Educar esse consumidor é importante para descobrir o que comprar, como comprar e qual a melhor forma”, ressalta.

Já para Flores, o e-commerce vai continuar com um crescimento forte, apesar da reabertura das lojas físicas. 

“Hoje a penetração, mesmo com a pandemia, ainda é muito baixa, em torno de 10%. A penetração da internet, no entanto, é alta. Tem um caminho imenso a ser explorado”, finaliza.

Última atualização por Renan Dantas - 06/08/2021 - 18:54

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto