Café dispara 3,50%. Será que se mantém até o fim do pregão em NY?

17/11/2021 - 9:10
Café
Cafezais foram prejudicados para a próxima safra e a produtividade já está comprometida (Imagem: Valter Campanato/Agência Brasil)

É bem possível que o café arábica, no contrato C da bolsa de mercadorias de Nova York, tenha algum ajuste ao longo do dia, encurtando um pouco a alta explosiva desta parte da manhã.

Além da sessão da véspera já ter subido bem, 1,8% no dezembro, a valorização às 9 horas (Brasília) anda em mais 3,50%, a quase 300 centavos de dólar por libra-peso.

O fator de alta persiste, apesar das chuvas acima do mesmo período do ano passado, porque a recuperação na próxima está sendo vista cada vez mais distante.

O Rabobank cravou quebra de 21%, para 42 milhões de sacas, a campanha 22/23, sobre a base deprimida da concluída em 2021, alvo de forte queda em torno de 25%.

Seca e geadas detonaram a safra 21/22 e jogaram o peso de prejuízos para as lavouras que serão colhidas o ano que vem. A produtividade está muito comprometida.

Na sequência de altas, o café robusta também sobre mais um pouco de Londres, dada a necessidade de os torrefadores demandarem mais esse grão para incorporá-lo em maior quantidade à mistura do arábica.

A alta está acima de 1%, US$ 2,288 mil a tonelada.

Leia mais sobre: , , ,

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 17/11/2021 - 9:10

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web