Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Calçados Bibi abre seu primeiro quiosque e reforça expansão da rede de franquias

14/05/2019 - 18:08
Empresa planeja implantar 20 novas unidades da rede de franquias até 2019 (Imagem: Divulgação/Bibi)

A Calçados Bibi, empresa especializada em calçados infantis, acabou de anunciar que abriu o seu primeiro quiosque. A instalação foi feita no Canoas Shopping, localizado no Rio Grande do Sul, e dá largada à implantação de 20 novas unidades da rede de franquias da marca até 2019.

A ideia foi uma sugestão de Wilson e Silvia Saviani, franqueados da Calçados Bibi, que defenderam que a empresa precisava de pontos de vendas mais estratégicos. O baixo valor de investimento, aliado ao rápido prazo de retorno do capital, deve aumentar a capilaridade da rede e fazer as vendas de calçados infantis crescerem.

Quer concorrer a R$ 300? Responda esta pesquisa sobre investimentos em 2 minutos

Exclusivo: O segredo para ganhar com Petrobras em qualquer cenário

“Nossos estudos mostram que temos potencial de abertura dos quiosques em diferentes estados brasileiros, em locais diversificados, como shopping centers, centros comerciais, supermercados e locais que contam com alto fluxo de pessoas diariamente”, afirma Andrea Kohlrausch, presidente da Calçados Bibi.

A marca tem expectativas de crescer 20% tanto no setor de franquias quanto no da indústria.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Como investir?

Para se tornar um franqueado da Calçados Bibi, é preciso desembolsar R$ 580 mil para uma loja padrão, R$ 380 mil para uma loja fit e R$ 160 mil para um quiosque Bibi Express. Vale ressaltar que estes preços são o investimento total, com taxa de franquia, showroom e capital de giro já inclusos.

O faturamento médio mensal varia de acordo com o modelo da franquia: R$ 100 mil a R$ 160 mil com loja padrão, R$ 70 mil a R$ 100 mil com loja fit e R$ 50 mil com quiosque.

O prazo de retorno é de 36 meses para os formatos lojas padrão e fit e 24 meses para quiosques.

Leia mais sobre: Comércio, Consumo, Empresas, Franquias, Varejo

Última atualização por Diana Cheng - 14/05/2019 - 18:14