Mercado de açúcar vai se recuperar com recuo da pandemia, diz CEO da Suedzucker

15/07/2021 - 9:29
“O resultado esperado é de que o impacto econômico (da pandemia) seja reduzido com o tempo”, afirmou o executivo (Imagem: REUTERS/Ralph Orlowski)

O CEO da Suedzucker, maior refinadora de açúcar da Europa, reafirmou nesta quinta-feira expectativas de uma melhora nos lucros da empresa no ano completo, esperando que o impacto econômico da pandemia de coronavírus diminua nos próximos meses.

Os níveis de vacinação contra a Covid-19 estão aumentando de forma contínua em todo o mundo, apesar das disparidades regionais, disse o presidente-executivo Niels Poerksen durante assembleia online de acionistas da Suedzucker.

“O resultado esperado é de que o impacto econômico (da pandemia) seja reduzido com o tempo”, afirmou o executivo.

Poerksen repetiu previsão de que o lucro operacional do grupo no ano completo de 2021/22 fique entre 300 milhões e 400 milhões de euros (de 355 milhões a 473 milhões de dólares).

Ele destacou que a empresa está implementando uma nova estratégia corporativa, batizada de 2026 Plus, que inclui o desenvolvimento de novos negócios para participação na crescente demanda global por alimentos e produtos à base de plantas.

Segundo ele, a estratégia também pode envolver aquisições de empresas ou fatias de empresas ligadas a setores de negócios atraentes, inclusive fora da Europa.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 15/07/2021 - 10:47

Cotações Crypto
Pela Web