Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Chamada pública de Gasoduto Bolívia-Brasil recebe propostas de 15 participantes

17/01/2020 - 15:59
Gasoduto Bolívia
As informações recebidas pela TBG serão consideradas na chamada pública incremental 2020 do Gasbol (Imagem: REUTERS/David Mercado)

Uma chamada pública incremental para contratar capacidade de transporte no Gasoduto BolíviaBrasil (Gasbol) recebeu 47 formulários de 15 de participantes de diferentes áreas de atuação, em sua etapa preliminar, afirmou nesta sexta-feira a Transportadora Gasoduto Bolívia-Brasil (TBG).

A chamada incremental ocorre em paralelo a um processo já em curso que visa contratar capacidade existente de transporte na infraestrutura, liberada devido ao vencimento de um contrato do Gasbol junto à Petrobras no fim de 2019.

A TBG, que é responsável pela operação do gasoduto e tem como principais acionistas Petrobras (51%), BBPP Holdings e a boliviana YPFB, iniciou a chamada pública em 18 de dezembro e concluiu o processo na quarta-feira.

Ao todo, houve solicitação de 38,7 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d) de capacidade de entrada e 29,5 mi de m³/d de capacidade de saída, segundo a TBG, responsável pela operação do gasoduto.

Nessa etapa, iniciada em 18 de dezembro e concluída na quarta-feira, os carregadores interessados enviaram formulários com solicitações não vinculantes para ampliação de pontos de entrada ou saída no atual Sistema de Transporte ou apresentaram demanda por novos pontos no Gasbol.

As informações recebidas pela TBG serão consideradas na chamada pública incremental 2020 do Gasbol, a ser conduzida pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), prevista para julho de 2020.

“Houve demanda por novos pontos de entrada para injeção de gás natural em três zonas diferentes e novos pontos de saída para utilização da molécula em quatro zonas distintas do gasoduto de transporte, além de ampliações de pontos já existentes”, disse a TBG, em um comunicado.

Dentre os participantes, há companhias distribuidoras, indústrias, fornecedores de gás, comercializadoras e empreendimentos do setor termelétrico.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A TBG pontuou, no entanto, que o somatório das quantidades enviadas através dos formulários de solicitação de capacidade está sujeito a eventuais duplicidades, ou seja, dois agentes podem ter solicitado, simultaneamente, ampliação ou construção do mesmo ponto.

Adicionalmente, existe a possibilidade de demanda pontual de capacidade que já pode ser atendida pela infraestrutura existente no Gasbol.

“A TBG fará uma análise detalhada através da avaliação/esclarecimento junto a cada um dos agentes, bem como a avaliação conjunta de todas as demandas recebidas, visando a adequar o(s) projeto(s) e otimizar a infraestrutura necessária à prestação do serviço”, disse a companhia.

Matéria Original: ""

Última atualização por Bruno Andrade - 17/01/2020 - 15:59

Randon vale, pelo menos, 6% mais após compra da Nakata, segundo a Ágora