Tecnologia

ChatGPT x Gemini: Plataforma de IA que veio para competir com o chat ‘queridinho’; entenda

08 dez 2023, 10:57 - atualizado em 08 dez 2023, 10:57
Google, Gemini, ChatGPT, IA, Inteligência Artificial
Como uma versão mais ampla entre as ferramentas de IA, o Google aposta em Gemini, uma plataforma que prevê atender diversas demandas, competindo com o ChatGPT (Imagem: Reprodução/Google)

O Google lançou essa semana o seu mais novo e ambicioso projeto, o Gemini, que consiste em uma nova plataforma de Inteligência Artificial (IA). A empresa apresentou em seu anúncio de lançamento como o “maior e mais capaz modelo de IA”.

“Este é um impulso incrível e, no entanto, estamos apenas começando a arranhar a superfície do que é possível”, disse Sundar Pichai, CEO do Google e da Alphabet, em comunicado.

A companhia também declarou uma “Era Gemini”, na qual prevê que a ferramenta seja usada em todos os ambientes, desde grandes demandas para empresas como até dispositivos móveis e consumo, como, por exemplo, o Google Pixel 8 Pro.

Sunar afirma que a Gemini é o “modelo mais capaz e geral até agora, com desempenho de última geração em muitos benchmarks líderes”.

  • CONHEÇA A SMALL CAP PARA ‘SURFAR’ NO RALI DE NATAL: Analista revela ação atrativa para investidores aproveitarem o otimismo dos mercados no fim do ano; saiba qual é a empresa no Giro do Mercado desta quinta-feira (7), é só clicar aqui:

ChatGPT x Gemini: Nova ferramenta de IA do Google

Diferente dos outros modelos de IA existentes no mercado, nos quais apenas suportam uma solicitação, sendo elas imagens ou vídeos, o Gemini busca ser “multimodal”, ou seja, a companhia espera que a ferramenta suporte vários tipos de mídia, combinando imagens, áudio, texto, vídeo e até mesmo códigos de programação.

“Essa nova era de modelos representa um dos maiores esforços de ciência e engenharia que empreendemos como empresa”, disse Sundar.

O Google já tem um chatbot de IA, o Bard, e com a chegada do Gemini, foi atualizado para já ser suporte à ferramenta.

Além disso, a empresa ainda disse que planeja adicionar o Gemini aos seus produtos amplamente utilizados, como o mecanismo de pesquisa do Google e o navegador Chrome.

Gemini: O que você precisa saber sobre a ferramenta

Segundo a empresa, o Gemini 1.0 vem em três tamanhos diferentes, sendo eles:

  • Gemini Ultra: modelo com maior capacidade e sofisticação, para tarefas altamente complexas — essa categoria ainda estar passando por testes de segurança.
  • Gemini Pro: modelo padrão, para escalar uma ampla gama de tarefas e clientes.
  • Gemini Nano: modelo otimizado para dispositivos móveis e desenvolvedores de aplicativos.

É importante ressaltar que devido à fase de testes de segurança, o Gemini Ultra só será lançado gradualmente para “clientes selecionados, desenvolvedores, parceiros e especialistas em segurança e responsabilidade para experimentação e feedback iniciais antes de ser lançado para desenvolvedores e clientes corporativos no início do próximo ano”.

O lançamento visa os avanços da companhia na computação em nuvem, além de se inserirem ao mais novo universo da tecnologia, usando uma nova geração de poderosos processadores baseados em nuvem que podem ensinar coletivamente grandes modelos de IA quase três vezes mais rápido do que a versão anterior.

Como usar o Gemini?

Atualmente, o Gemini só funciona no Bard em inglês. Sendo assim, é preciso alterar o idioma da sua conta para experimentar suas funcionalidades.

  • Acesse a sua conta do Google (myaccount.google.com/language);
  • Na aba ‘Idioma Preferido’, clique no ícone de lápis para alterar a língua;
  • Selecione “Inglês (English)”, “United States” e clique em “Salvar”.

Após isso, você poderá usar normalmente o Bard, contanto que sua conta permaneça logada, para que possa ser executados os prompts de comando.

  • Comandos de Texto ou Áudio

A maneira mais simples de usar o Gemini pelo Bard é através dos comandos de texto. Para executá-los:

  1. Acesse o Bard (bard.google.com);
  2. Clique na caixa de texto e formule a sua pergunta ou clique no ícone de microfone no canto direito e falo sua pergunta;
  3. Clique no ícone de envio para mandar e aguarde alguns segundos.
  • Comandos com Imagens ou Vídeos

Além do texto, também é possível usar outras formas de complementar sua pergunta, como o auxílio de fotos e vídeos. Confira:

  1. Acesse o Bard (bard.google.com);
  2. Selecione o ícone de imagem ao lado da caixa de texto;
  3. Faça o upload do arquivo e, se quiser, escreva um texto complementar;
  4. Selecione o ícone de envio e aguarde alguns segundos.

O Bard informa que é possível acessar novamente as imagens e arquivos enviados anteriormente no chat, ou excluí-los na aba de ‘fixadas’ e/ou ‘recentes’.

Estagiária
Estudante de jornalismo na Universidade São Judas Tadeu, tem habilidades em edição de imagens e vídeos além da paixão pelo meio de comunicações. Estuda inglês e está em busca da fluência.
Estudante de jornalismo na Universidade São Judas Tadeu, tem habilidades em edição de imagens e vídeos além da paixão pelo meio de comunicações. Estuda inglês e está em busca da fluência.