China disponibiliza 10 bilhões de yuans para subsidiar produtores de grãos

22/05/2022 - 14:27
Soja
O subsídio busca apoiar produtores de grãos durante os períodos de colheita e plantio de verão e outono (do Hemisfério Norte), aliviando impactos dos custos (Imagem: REUTERS/Jorge Adorno/File Photo)

O governo central chinês disponibilizou 10 bilhões de yuans (1,49 bilhão de dólares) para subsídios “únicos” a indivíduos e empresas envolvidas no cultivo e produção de grãos, segundo um comunicado publicado neste domingo pelo Ministério das Finanças do país.

O subsídio busca apoiar produtores de grãos durante os períodos de colheita e plantio de verão e outono (do Hemisfério Norte), aliviando impactos dos custos que estão crescendo e para “mobilizar ainda mais o entusiasmo dos fazendeiros” com o cultivo de grãos, disse o comunicado.

O anúncio chega em um momento em que agricultores da China estão sofrendo com os preços altos de fertilizantes, que dispararam no mundo inteiro desde o ano passado.

A próxima colheita de trigo na China será observada de perto, após fortes chuvas no outono passado deixarem as colheitas em estado precário antes do inverno.

Pequim voltou a se concentrar na segurança de grãos, uma prioridade de política que se tornou cada vez mais importante desde que a pandemia de Covid-19 começou no início de 2020 e ainda mais desde o começo da guerra na Ucrânia, potência produtora de grãos, no fim de fevereiro.

Receba as newsletters do Money Times!

Cadastre-se nas nossas newsletters e esteja sempre bem informado com as notícias que enriquecem seu dia! O Money Times traz 8 curadorias que abrangem os principais temas do mercado. Faça agora seu cadastro e receba as informações diretamente no seu e-mail. É de graça!

Última atualização por Diana Cheng - 22/05/2022 - 14:27

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto