China possui mais de 10 mil novas empresas de blockchain

19/08/2020 - 11:20
Apesar de não ser favorável ao bitcoin e ter preferido desenvolver sua própria criptomoeda, a China está definindo sua dominância mundial no setor blockchain pois, apenas em 2020, surgiram mais de dez mil novas empresas desse setor (Imagem: Freepik/rawpixel.com)

A pandemia do coronavírus não impediu que mais de dez mil novas empresas relacionadas à tecnologia blockchain fossem criadas na China apenas em 2020, noticia o Decrypt.

LongHash, plataforma de análise cripto e blockchain, afirma que a quantidade de novas empresas poderá ultrapassar o número de 2019.

Dentre 91.373 empresas blockchain registradas, 30,7 mil estão em operação, mas cerca de 61 mil perderam seu status jurídico ou sua licença foi revogada.

A província de Guangdong possui o maior número de empresas blockchain: 26.196. A região é conhecida pela cidade de Shenzhen, núcleo chinês de inovação e tecnologia.

Já a província de Xinjiang, conhecida pela abundância de carvão e baixo custo energético para a mineração de criptoativos, é a segunda cidade, lar para 5.405 empresas.

Porém, segundo o site Forkast News, muitas empresas usando o termo “blockchain” para descrever seu negócio podem não estar usando blockchain, de acordo com PAData.

“A verdade é que 96% de mais de 30 mil empresas blockchain na China não estão operando” blockchain como sua tecnologia principal”, disse Bai Liang, vice-diretor do Instituto Chinês sobre Criptoativos durante um discurso em 2019.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 19/08/2020 - 11:20

Cotações Crypto
Pela Web