Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Chinesa SMIC realiza pedido de IPO e deseja arrecadar US$ 2,8 milhões

03/06/2020 - 9:32
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Com pedido bilionário de IPO, SMIC deseja destronar a tailandesa TMSC como uma alternativa ao mercado internacional (Imagem: SMIC)

Semiconductor Manufacturing International Corporation (SMIC), a maior fabricante de chips para computador da China, oficialmente enviou um pedido por uma oferta inicial pública (IPO).

A empresa deseja arrecadar 20 bilhões de yuans (cerca de US$ 2,8 bilhões) ao listar suas ações no Conselho de Inovação de Ciência e Tecnologia da Bolsa de Valores de Xangai — SSE STAR Market. SMIC já está listada na Bolsa de Valores de Hong Kong (HKEX).

O pedido de IPO vem em meio a tensões comerciais entre a China e os EUA. No dia 15 de maio, o Departamento de Comércio dos Estados Unidos impôs novas restrições para a gigante empresa chinesa de tecnologia Huawei.

Sob as novas regras, todas as fabricantes estrangeiras de chips que usam tecnologia americana terão que fazer o pedido de uma licença antes de enviar os chips à Huawei.

As restrições afetaram não apenas a Huawei, como também sua maior fornecedora de chips, a Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC), que interrompeu as aquisições da Huawei.

Os controles dos EUA vieram no mesmo dia em que a TSMC anunciou seus planos de montar uma fábrica de US$ 12 bilhões no estado do Arizona.

No mesmo dia, investidores estatais chineses injetaram US$ 2,2 bilhões na SMIC, adversária da TSMC. Agora, a SMIC busca arrecadar mais fundos por meio da IPO para aumentar suas capacidades tecnológicas e de produção.

Embora a SMIC busque competir com a TSMC, está bem atrás da tailandesa em termos de tecnologia, segundo analistas de mercado.

SMIC ainda está no processo de fabricação de chips de 14 nanômetros (nm) e a TSMC espera migrar para chips mais avançados, de 5 nm, ainda este ano.

A chinesa Canaan entrou em parceria com a SMIC para o fornecimento de chips para suas máquinas de mineração cripto (Imagem: Twitter/Canaan)

Parceria com a Canaan

É importante destacar que a SMIC também está desenvolvendo chips 14 nm para a Canaan, fabricante chinesa de máquinas de mineração de bitcoin, como parte de sua recente parceria.

Segundo Kristy-Leigh Minehan, especialista em mineração cripto, SMIC “ainda precisa de anos para alcançar” a TMSC, principal fornecedora de chips da Bitmain.

Porém, ela espera que SMIC surja como uma alternativa nacional à TSMC e Samsung, “fornecendo um grande aumento de chips ASICs [circuitos integrados de aplicação específica] para o mercado de altcoins”.

“Espero que haja um ASIC para quase todas as moedas por aí — independente de capitalização de mercado”, afirmou Minehan. “Na China, a demanda por altcoins está absurdamente alta.”

No geral, ela espera que a IPO da SMIC “seja bem-sucedida com louvor” porque a China precisa de uma fábrica de última geração que possa atender mercados estrangeiros.

Minehan também espera ver mais parcerias com SMIC, como um celular da Huawei ou da SMIC que seja compatível com a moeda digital da China, além de mais ASICs para altcoins (criptomoedas alternativas ao bitcoin).

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 03/06/2020 - 9:32