Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Citi adia planos de retorno a escritórios em 13 estados dos EUA

01/07/2020 - 13:38
Citi
Vários estados do sul e do oeste registram número crescente de novos casos, levando alguns a suspenderem planos de reabertura (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

O Citigroup decidiu voltar atrás com os planos para o retorno de funcionários a escritórios nos EUA devido ao aumento de casos de coronavírus em muitos estados.

O banco vai adiar o retorno de uma pequena porcentagem de funcionários de escritórios em 13 estados, como Texas, Dakota do Sul, Idaho e Flórida, de acordo com uma pessoa com conhecimento do assunto.

O Citigroup ainda planeja o retorno de cerca de 5% dos funcionários a escritórios em grande parte do nordeste dos EUA, incluindo Nova York, disse a pessoa.

“Sempre dissemos que nossos planos de retorno ao escritório priorizariam a saúde e a segurança de nossos colegas e se concentrariam em dados e não em datas”, disse o Citigroup em comunicado por e-mail. “Consistente com isso, adiamos nosso retorno a vários locais nos Estados Unidos devido aos dados de saúde nessas localidades.”

Na terça-feira, o especialista em doenças infecciosas do país Anthony Fauci disse a um painel do Senado que os EUA vão “na direção errada” em seus esforços para combater o novo coronavírus, e que os novos casos de Covid-19 podem mais do que dobrar para 100 mil por dia se os comportamentos não mudarem.

Vários estados do sul e do oeste registram número crescente de novos casos, levando alguns a suspenderem planos de reabertura. As hospitalizações aumentaram em 12 estados.

O condado de Miami-Dade, na Flórida, registra o maior número de hospitalizações, pacientes em unidades de terapia intensiva e uso de respiradores em pelo menos dois meses. As UTIs em Houston atingiram 97% da capacidade normal na terça-feira.

“Nenhuma das funções precisa retornar imediatamente”, disse a presidente do Citigroup, Jane Fraser, em conferência da Bloomberg na semana passada. Os funcionários “decidirão em grande parte por si mesmos se desejam ficar em casa”, como se sentem sobre o deslocamento ao trabalho e como vão se organizar em relação ao cuidado dos filhos.

Goldman

O Goldman Sachs trouxe de volta um primeiro grupo de funcionários para suas principais unidades nos EUA em 22 de junho. Nas cidades com grandes surtos de coronavírus, o Goldman está monitorando a situação para a implementação do plano de retorno ao escritório, disse uma porta-voz. Nos EUA, além da sede em Nova York, o banco possui grandes centros em Utah e no Texas.

O diretor-presidente do Jefferies Financial, Richard Handler, disse no início desta semana que seus operadores e banqueiros não estão sob pressão para retornar tão cedo.

“Estou admirado com a forma como nossa equipe se tornou uma empresa virtual poucos dias depois de saber sobre a Covid”, disse Handler em entrevista por telefone na segunda-feira. “Nossa equipe trabalhará em casa até se sentir segura em voltar.”

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , , , ,

Última atualização por Vitória Fernandes - 01/07/2020 - 13:38

Cotações Crypto
Pela Web