Clima enfraquece demanda por laranja, e preço recua

Por Cepea
23/04/2021 - 10:13
Trabalhadores selecionam laranjas em Limeira (SP)
No caso da tangerina poncã, a maior disponibilidade também pressionou as cotações. (Imagem: Reuters/Paulo Whitaker)

O clima mais frio dos últimos dias e o feriado dessa quarta-feira (21)  enfraqueceram a demanda por cítricos no estado de São Paulo.

No caso da tangerina poncã, a maior disponibilidade também pressionou as cotações.

Na parcial da semana (de segunda a quinta-feira), a poncã teve média de R$ 31,58/cx de 27 kg, na árvore, leve recuo de 0,3% em relação ao período anterior.

Para a laranja, além da concorrência com a tangerina poncã, a oferta de precoces também tem se elevado, ainda que aos poucos.

A média parcial da pera nesta semana está em R$ 38,45/cx de 40,8 kg, na árvore, praticamente estável (-0,2%) frente à anterior.

Já para a lima ácida tahiti, a variedade se desvalorizou 1,8% na parcial desta semana, negociada à média de R$ 13,77/cx de 27 kg, colhida.

As vendas limitadas (devido às restrições por conta da pandemia de Covid-19) têm deixado a disponibilidade de tahiti acima da demanda.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Evelin Mendes - 23/04/2021 - 10:13

Pela Web