Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Cogna despenca após IPO da Vasta, mas ainda dá tempo para lucrar com a ação

31/07/2020 - 17:50
Estreia da Vasta, controlada pela Cogna, na Nasdaq em 31 de julho de 2020
Missão cumprida: valor da Cogna saltou 40%, com os preparativos para o IPO da Vasta em Nova York (Imagem: LinkedIn/ Cogna)

Às vezes, os investidores comemoram uma grande tacada de uma empresa com… uma tremenda queda nas ações. Este parece ser o caso da Cogna (COGN3), nesta sexta-feira (31). O bem-sucedido IPO de sua controlada Vasta (VSTA) e o início da negociação de seus papéis na Nasdaq foram saudados pelo mercado com uma forte baixa nos papéis da Cogna.

As ações da Cogna recuaram 12,47% na B3 (B3SA3) e fecharam a R$ 8,28, enquanto o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, caiu 2%, a 102.912,24 pontos. À primeira vista, parece um desastre, mas é preciso ver o quadro geral.

O fato é que o IPO da Vasta cumpriu o seu papel de destravar um volume expressivo de valor para sua controladora. Entre 30 de junho e 30 de julho, período em que a listagem da empresa em Nova York estava na reta final, as ações da Cogna dispararam 43%, passando de R$ 6,61 para R$ 9,46.

Assim, o forte movimento de venda, neste último dia de julho, pode ser apenas os investidores realizando seus lucros, após uma aposta muito bem conduzida.

Oportunidade

Mas, se você perdeu essa oportunidade, não desanime. Segundo o BTG Pactual, ainda há espaço para valorização das ações da Cogna, mesmo após o intenso rali das últimas semanas.

Samuel Alves e Yan Cesquim, que assinam o relatório enviado hoje aos clientes, reforçaram a recomendação de compra dos papéis, com preço-alvo de R$ 10, o que implica uma alta potencial de 6% sobre o fechamento de ontem.

Aluno problemático: Kroton, a empresa de ensino universitário da Cogna, é a que mais preocupa os analistas (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

“Poucos meses atrás, assumimos um cenário muito negativo para todas as empresas pós-ensino médio, portanto, nossas projeções estão muito abaixo do consenso”, admitem os analistas. “Por ora, permanecemos compradores das ações da Cogna”, acrescentam.

A Cogna é um grupo educacional que atua tanto no ensino fundamental e médio, quanto nos cursos superiores, por meio da Kroton. A Vasta é uma prestadora de serviços para escolas de educação infantil a médio.

Catalisador

Assim, o pessimismo do BTG Pactual concentra-se no segmento universitário, diante da recessão causada pelo coronavírus, e que acerta em cheio os estudantes de terceiro grau. Por isso, a recomendação de compra das ações da companhia vem acompanhada por algumas ponderações do banco.

“O poder de geração de lucros permanecerá fraco (abatido pelo segmento universitário), mas os desdobramentos da Vasta adicionam o catalisador que faltavam às ações da Cogna”, concluem.

O BB Investimentos também divulgou um breve relatório sobre o IPO, em que afirma que deve revisar o preço-alvo da Cogna, assim que os resultados do segundo trimestre forem conhecidos. Por ora, Melina Constantino, que assina a análise, destaca a esperada desalavancagem da Cogna, com a entrada dos recursos do IPO da Vasta, que movimentou US$ 406 milhões.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Bruno Andrade - 31/07/2020 - 18:41