Colheita de soja no Rio Grande do Sul atinge 96% das áreas

20/05/2021 - 21:40
Soja
No milho, a colheita da safra de verão chegou a 88% da área semeada (Imagem: REUTERS/Inaê Riveras)

A colheita de soja 2020/21 do Rio Grande do Sul atingiu nesta semana 96% das áreas plantadas, encaminhando-se para o final do ciclo, enquanto a semeadura de trigo para a safra de inverno apurou um início ainda lento em algumas regiões do Estado, disse a Emater-RS nesta quinta-feira.

Segundo o órgão ligado ao governo gaúcho, a colheita da oleaginosa avançou 2 pontos percentuais ao longo da última semana, com apenas 4% das áreas ainda sendo vistas em fase de maturação. Em igual período de 2019/20, os trabalhos atingiam 99%, e a média histórica para este momento do ano é de 98%.

“Em algumas regiões, produtores que já colheram realizam amostragem do solo para correção da acidez e planejamento da fertilidade para a próxima safra”, afirmaram os técnicos da Emater-RS em informativo conjuntural semanal.

No milho, a colheita da safra de verão chegou a 88% da área semeada, mantendo-se à frente da média histórica de cinco anos, de 86%, mas aquém do índice verificado no mesmo momento da safra anterior, quando atingia 89%.

Em sua última atualização com projeções para 2020/21, publicada no final de março, a entidade via a safra de soja gaúcha em 20,2 milhões de toneladas, enquanto a produção de milho foi estimada em 4,3 milhões de toneladas.

Ainda segundo a Emater, o Estado concluiu a colheita de arroz, com avanço de 1 ponto percentual na semana e à frente da média histórica para o período, de 98%.

Trigo

O órgão gaúcho também destacou no boletim desta quinta-feira que o plantio da safra de inverno de trigo no Estado teve início em municípios da região de Ijuí, onde o período indicado para semeadura abriu em 11 de maio, embora ainda em ritmo bastante lento. Em Porto Alegre, onde a área cultivada com o cereal é relativamente pequena, o plantio também já ocorre.

Segundo o boletim, há expectativas de um aumento na área semeada com trigo para esta safra, em meio à valorização dos preços do cereal. O movimento deve ser verificado em locais como Ijuí, Santa Rosa, Bagé e Caxias do Sul.

“Os bons rendimentos recebidos com a soja, a cotação favorável do trigo, a falta de gado para invernar, e a disponibilidade de recursos e seguro agrícola pelas instituições financeiras, fomentam uma maior área cultivada do cereal”, disseram os técnicos da Emater-RS em referência à regional de Santa Rosa.

 

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Bruno Andrade - 20/05/2021 - 21:40

Cotações Crypto
Pela Web