Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Com cortes da China, exportadores de carne do Brasil propõem testes para mostrar que carne é segura

07/07/2020 - 12:00
Frigoríficos
Na comparação anual, os volumes médios diários de exportação cresceram 87% para a carne de porco, 2% para carne bovina e caíram 1,5% para o frango na primeira semana de julho (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

Os exportadores de carnes do Brasil estão propondo realizar testes em suas carnes para mostrar à China que elas são seguras para consumo após novas proibições de embarques para o país.

O gigante asiático informou no final de junho que não iria permitir a entrada de carnes de diversos frigoríficos do Brasil, mas de acordo com os dados mais recentes de importações do país, a medida não refletiu de forma drástica nas fábricas.

Na comparação anual, os volumes médios diários de exportação cresceram 87% para a carne de porco, 2% para carne bovina e caíram 1,5% para o frango na primeira semana de julho em comparação com o mesmo período do ano passado.

Para os analistas da Ágora, Leandro Fontanesi e Ricardo França, o problema com a China é apenas temporário, já que o país está enfrentando a peste suína africana.

Sendo assim, foi estimado que a produção de porcos caia 20% em 2020 e a exportação aumente.

De acordo com a Ágora, no setor, a sua principal escolha é a JBS (JBSS3), com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 32.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Vitória Fernandes - 07/07/2020 - 12:00