Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Com parâmetros atuais, Brasil volta a ter superávit primário entre 2026 e 2027, diz Funchal

13/10/2020 - 20:07
Real Moedas
Funchal destacou que se trata de um prognóstico para consumo interno do Tesouro (Imagem: Reuters/Bruno Domingos)

O secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, afirmou nesta terça-feira que, mantidos os atuais parâmetros, o Brasil voltará a ter superávit primário entre 2026 e 2027, contra estimativa anterior, feita antes da pandemia, que apontava o período entre 2022 e 2023.

Funchal destacou que se trata de um prognóstico para consumo interno do Tesouro.

“(Mas) esse dado não é uma coisa que está cravada na pedra. Se a gente andar rápido com as reformas, uma melhora no resultado primário vem mais cedo”, disse Funchal em live promovida pela Genial Investimentos.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por André Luiz - 13/10/2020 - 20:07