Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Comissão analisa nesta quinta relatório de MP sobre proteção de dados

25/04/2019 - 11:04
Também funcionará no âmbito do órgão o Conselho Nacional de Proteção de Dados Pessoais e da Privacidade, integrado por 23 representantes dos setores público e privado e da sociedade.

comissão mista responsável pela análise da Medida Provisória 869/18, que regulamenta a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei 13.709/18), fará nesta quinta-feira (25) a apreciação do relatório do deputado Orlando Silva (PCdoB-SP). A reunião será às 12 horas, no plenário 2 da Ala Nilo Coelho, no Senado Federal.

Bancos compartilharão dados de clientes com integração de plataformas

A medida provisória regulamenta a Lei Geral de Proteção de Dados, que entrará em vigor em 2020. A sua principal inovação é a criação da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), órgão responsável por implementar a legislação e fiscalizar o seu cumprimento.

A ANPD será um organismo subordinado à Presidência da República e terá um conselho diretor formado por cinco membros, com mandatos de quatro anos. Também funcionará no âmbito do órgão o Conselho Nacional de Proteção de Dados Pessoais e da Privacidade, integrado por 23 representantes dos setores público e privado e da sociedade.

Além de criar a Autoridade Nacional, a MP modifica dispositivos da lei, flexibilizando a vedação do acesso a dados pessoais em diversos casos. Informações destinadas a elaboração de políticas públicas, prestação de serviços por órgãos estatais e pesquisa acadêmica passam a ficar de fora da rede de proteção. Antes, exigia-se o expresso consentimento do titular dos dados e a comunicação à ANPD para o seu uso com essas finalidades.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Rafael Borges - 25/04/2019 - 11:04