Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Comissão da Câmara rejeita propostas que revogam portaria sobre munições

27/05/2021 - 13:33
Delegado Antônio Furtado
O relator, deputado Delegado Antônio Furtado (PSL-RJ), recomendou a rejeição do Projeto de Decreto Legislativo (PDL 162/20) (Imagem: Câmara dos Deputados/Michel Jesus)

A Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados rejeitou, na quarta-feira (26), propostas para revogar portaria interministerial que triplicou a quantidade de munição que pode ser comprada anualmente por pessoas físicas autorizadas a possuir ou portar arma de fogo.

O relator, deputado Delegado Antônio Furtado (PSL-RJ), recomendou a rejeição do Projeto de Decreto Legislativo (PDL 162/20), do deputado Marcelo Freixo (Psol-RJ), e também três apensados, todos com o mesmo objetivo.

“A proposta carece de suporte jurídico, pois não conseguiu apontar como o Executivo exorbitou do seu poder regulamentar na edição da portaria que pretende sustar”, afirmou Delegado Antônio Furtado.

Além disso, segundo o relator, a proposta não teria suporte popular, pois enquetes realizadas por meio da internet revelaram uma maioria de apoios ao porte de armas no País.

A Portaria Interministerial 1.634/20, atualmente suspensa por uma liminar da Justiça, autoriza a compra mensal de até 50 unidades de munição de calibre permitido, totalizando 600 unidades por ano. Essa norma revogou a Portaria Interministerial 412/20, que autorizava a aquisição anual de até 200 balas.

Tramitação

O projeto ainda será analisado pelas comissões de Relações Exteriores e de Defesa Nacional; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois seguirá para o Plenário.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 27/05/2021 - 13:33

Cotações Crypto
Pela Web