Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Comissão especial vai acompanhar atendimento aos pacientes com câncer no País

12/06/2021 - 10:00
Câmara dos Deputados
Apesar disso, pontuou, nem sempre os prazos são cumpridos, colocando em risco a vida dos pacientes (Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

A Câmara dos Deputados instalou nesta quinta-feira (10) uma comissão especial para avaliar como está o combate ao câncer no Brasil.

O colegiado vai ser responsável pelo acompanhamento do acesso ao diagnóstico e ao tratamento da doença, assim como o cumprimento da legislação sobre o tema.

O presidente do grupo, deputado Weliton Prado (Pros-MG), lembrou que 70% dos tratamentos de câncer são feitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e que existem normas que determinam a realização dos exames em até 30 dias (Lei 13.896/19) e o início do tratamento em 60 dias (Lei 12732/12).

Apesar disso, pontuou, nem sempre os prazos são cumpridos, colocando em risco a vida dos pacientes.

“A cada quatro semanas que se demore a iniciar um tratamento de câncer, aumenta-se a possibilidade de morte em mais de 13%, além de encarecer o tratamento. São hoje, no Brasil, cerca de 280 mil mortes por ano”, disse.

A 1ª vice-presidente, deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC), acrescentou que a comissão deve se empenhar para acelerar a tramitação de propostas que melhorem o atendimento aos pacientes com câncer no Brasil.

“Nosso objetivo é reduzir os vazios assistenciais. A morosidade que enfrentamos para tramitar alguns projetos e as dificuldades que temos junto ao Ministério da Saúde por falta de recursos impactam diretamente na vida das pessoas”, declarou.

Pandemia

A relatora da comissão será a deputada Sílvia Cristina (PDT-RO). Ela destacou que, para os próximos anos, o País terá de lidar com a demanda reprimida por causa da falta de acesso da população aos exames preventivos durante a pandemia de Covid 19.

“No pós-pandemia, o nosso trabalho vai dobrar. Quantas pessoas que deixaram de fazer os seus acompanhamentos médicos e também a prevenção dos cânceres em todo o Brasil no último ano?”, comentou. “Os números são assustadores, só de câncer de colo uterino, mais de 30% das mulheres que faziam [acompanhamento] frequentemente deixaram de fazer”.

A comissão especial de combate ao câncer é composta por 34 deputados e igual número de suplentes.

Gostou desta notícia? Baixe o nosso app para ler, em apenas um clique, esta e mais de 150 matérias diárias.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por André Luiz - 10/06/2021 - 19:50

Pela Web