Commodities

Trigo volta a subir na Bolsa de Chicago com demanda da China e puxa o milho; veja

05 dez 2023, 17:43 - atualizado em 05 dez 2023, 17:43
trigo milho
O recuo para a soja refletiu a melhora no avanço do plantio no Brasil e uma perspectiva de clima favorável no mês de dezembro; milho avança (Foto: Mapa)

As principais commodities agrícolas encerraram terça-feira com movimento distintos na Bolsa de Chicago (CBOT), com leve queda para a soja e alta para o trigo.

Para Rafael Silveira, analista da Safras & Mercado, o recuo para a soja refletiu a melhora no avanço do plantio no Brasil e uma perspectiva de clima favorável no mês de dezembro.

“Porém, nesta sexta (8), teremos os novos relatórios do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), e é possível que o relatório traga cortes para a safra brasileira, devido os problemas climáticos no país, o que deixa o mercado cauteloso e justifica a volatilidade do dia”, diz.

Segundo Elcio Bento da Safras, o avanço do trigo seguiu atrelado à forte demanda da China pelo cereal dos Estados Unidos, o que puxou a alta para o milho na CBOT.

Confira o fechamento do trigo, milho e outras commodities

Cultura Vencimento Valor (US$) Variação (%) Variação (Cents)
Soja (CBOT) janeiro/24 13,05 -0,05 -0,75
Milho (CBOT) março/24 4,90 1,02 5,00
Trigo (CBOT) março/24 6,31 1,73 10,75
Café (ICE) março/24 1,83 2,42 4,35
Açúcar (ICE) março/24 0,24 -3,29 -0,0085
Fonte: Safras & Mercado

 

Repórter no Agro Times
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.