Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Como a corretora KyberSwap irá se beneficiar dos oráculos de preço da Chainlink?

15/06/2020 - 9:43
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Oráculos são sistemas que fornecem informações extras sobre um sistema que, por sua vez, não forneceria tais informações, ou seja, Chainlink fornece um sistema de precificação confiável para inúmeras plataformas cripto (Imagem: Crypto Times)

Recentemente, a corretora descentralizada e não custodiante KyberSwap anunciou que está usando os dados de referência de preço da Chainlink para atualizar preços de ativos.

Isso permite que usuários utilizem um sistema de verificação de oráculo “on-chain” para precificar ativos quando estiverem realizando uma troca de tokens na corretora.

Chainlink é uma rede descentralizada de oráculo desenvolvida na Ethereum. A rede foi criada para conectar fontes de dados “off-chain”, como interfaces de programação de aplicações (APIs), feeds de dados ou pagamentos bancários, para contratos autônomos.

Atualmente, o token nativo da Chainlink, LINK, é o 12º maior ativo na tabela de capitalização de mercado da Brave New Coin, com US$ 1,5 bilhão.

A rede descentralizada de oráculo da Chainlink possui três abordagens para evitar dados errôneos e reduzir vulnerabilidades específicas de oráculos.

Dados enviados pela rede são curados e verificados pela maioria dos votos entre os nós validadores. Isso evita que haja um ponto único de falha no sistema de oráculo.

A rede também percorre oráculos e apresenta um sistema de reputação e certificação para o desempenho do oráculo. Também existem elementos de hardware utilizados para proteger a integridade e confidencialidade dos dados.

O hardware é utilizado para evitar transferências privadas de dados à prova de falsificação entre oráculos e contratos autônomos.

chainlink
A rede ChainLink conecta contratos autônomos a dados, eventos e pagamentos do mundo real (Imagem: ChainLink)

Quando um protocolo da Ethereum exige dados de contratos autônomos da Chainlink, cada nó da rede envia seus dados e os nós põem tokens LINK à prova.

Se um nó enviar dados ruins, seus tokens LINK são distribuídos aos nós na rede que enviaram dados bons. Esse sistema incentiva um fluxo contínuo de dados honestos de fontes descentralizadas.

Os feeds de preço da Chainlink complementam o modelo existente de precificação usado pela KyberSwap em seus feeds nativos do protocolo da Kyber Network.

O whitepaper original do protocolo anuncia Kyber como “um protocolo completo de liquidez ‘on-chain’ para a implementação de trocas instantâneas de criptomoedas e tokens de forma descentralizada em qualquer blockchain que permite contratos autônomos”.

O protocolo da Kyber Network permite que trocas descentralizadas de tokens sejam integradas a qualquer aplicação descentralizada (dapp) criada na Ethereum. Foi criado para ser uma ponte entre outras comunidades de tokens ERC-20 dentro do ecossistema da Ethereum.

Kyber é listada como a dapp mais popular na plataforma Ethereum. O site DappRadar sugere que possui mais de 1,3 mil usuários diários e um volume diário de trocas de US$ 4,1 milhões.

O whitepaper também destaca planos de tornar o protocolo Kyber agnóstico a blockchain. A rede planeja fornecer sua solução para outras plataformas de redes blockchain como EOS por meio de fornecimento de liquidez “cross-chain” (entre blockchains).

KNC será o token universal entre blockchains quando essas expansões forem implementadas.

Em julho de 2019, a Brave New Coin (BNC) se tornou uma operadora oficial de nós para a Chainlink Network.

Como um nó operador e fornecedora de dados de mercado à Chainlink, agora a BNC está ajudando a certificar que os feeds de dados do mercado cripto apresentados para contratos autônomos pela Chainlink sejam confiáveis e transparentes.

Sergey Nazarov, CEO da Chainlink, falou positivamente sobre a parceria e sugere que a posição da BNC como uma líder pioneira no setor de dados do mercado cripto continue.

Sobre a parceria, Nazarov disse: “eu sempre me impressionei com a capacidade deles de ultrapassar os limites do que é possível em nosso setor”. Ele complementa: “estamos empolgados de ter a BNC como uma primeiras fornecedoras de dados de alta qualidade para também operar seu próprio nó Chainlink”.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 15/06/2020 - 9:43