Finanças Pessoais

Como a inteligência artificial está ajudando os investidores a comprar ou vender ações?

02 out 2023, 15:49 - atualizado em 02 out 2023, 15:49
Inteligência artificial
O produto usa uma inteligência artificial generativa, para interagir com o usuário (Imagem: Divulgação Grana Capital)

A Grana Capital lançou uma ferramenta de inteligência artificial para ajudar os investidores da Bolsa de Valores do Brasil a tomarem decisões sobre o que comprar nas negociações.

Com foco no investidor de varejo brasileiro, o Grana IA é uma ferramenta conversacional, que proporciona informações de mercado vindas da B3, Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e relatórios públicos de casas de análise.

Segundo a empresa, o produto usa uma inteligência artificial generativa, para interagir com o usuário, compilando, avaliando e indexando estes volumes de dados, para torná-los mais acessíveis ao investidor comum e simplificar a escolha.

  • AS 10 MELHORES AÇÕES PARA INVESTIR EM OUTUBRO: O analista-chefe João Piccioni revela as oportunidades da carteira da Empiricus Research, que deu tchau para a B3 (B3SA3) e incluiu um novo papel com grande potencial. É só clicar aqui e assistir ao Giro do Mercado!

Além disso, a ferramenta possui ainda uma espécie de sistema de alerta, em que o investidor pode pedir para ser avisado quando:

  • surgir um direito de subscrição na carteira;
  • houver recomendação de venda para alguma posição da carteira; e
  • o portfólio ficar desbalanceado.

Inteligência artificial: como funciona?

O CEO da Grana Capital, André Kelmanson, explica que a ferramenta funciona através de uma conversa com uma inteligência artificial, que responde de forma personalizada.

Os investidores podem fazer perguntas sobre qualquer assunto relacionado a investimentos e a ferramenta pode responder desde termos de mercado até questões específicas de empresas.

Segundo o executivo, os investidores podem desde questionar para o Grana IA qual o melhor banco a pagar dividendos, até perguntar sobre a situação financeira de determinada companhia.

Estagiária
Graduanda em jornalismo pela Universidade Estácio de Sá. Tem experiência cobrindo mercados, ações, investimentos, finanças, negócios, empreendedorismo, franquias, cultura e entretenimento. Ingressou no Money Times em 2021.
Linkedin
Graduanda em jornalismo pela Universidade Estácio de Sá. Tem experiência cobrindo mercados, ações, investimentos, finanças, negócios, empreendedorismo, franquias, cultura e entretenimento. Ingressou no Money Times em 2021.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.