Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Como o Open Banking afetará os grandes bancos, segundo o Guiabolso

06/10/2020 - 15:03
blockchain rede comunicação tecnologia
De acordo com o Safra, as transformações com o Open Banking vão começar a ser sentidas em 2021 (Imagem: Pixabay/geralt)

O Open Banking chegou para mudar a mentalidade dos bancos tradicionais, disse o Guiabolso. Durante uma conversa com o time de análise do Safra, Benjamin Gleason, fundador da fintech, disse que o sistema é uma oportunidade para o setor bancário, mas concordou que demorará um pouco para que os players do mercado comecem a usufruir de suas vantagens informacionais.

Segundo Gleason, as instituições financeiras vão atingir a totalidade de benefícios gerados pelo Open Banking somente daqui a muitos anos. O maior desafio está em transformar dados não estruturados e não padronizados em variáveis inteligentes que podem servir como fonte de poder a novos modelos e serviços.

De acordo com o Safra, a reunião com o Guiabolso reforçou sua visão de que o setor pode se tornar mais competitivo com a introdução do Open Banking e do Pix, novo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central (BC).

Na avaliação dos analistas Luis F. Azevedo e Silvio Dória, as transformações com o Open Banking vão começar a ser sentidas em 2021.

“A primeira fase do Open Banking [em novembro] não proverá informações detalhadas por cliente. Sendo assim, só a segunda etapa, prevista para maio de 2021, deve trazer mais oportunidades para a competição, quando os consumidores poderão autorizar instituições a compartilhar seus dados pessoais”, afirmaram.

Ainda de acordo com as expectativas de Azevedo e Dória, a expansão dos serviços financeiros vai acontecer somente em outubro do próximo do ano.

SANB11 Santander Bancos
O Safra manteve a visão positiva sobre os bancos e destacou que as ações das empresas estão com um valuation muito atraente (Imagem: Reuters/Edgard Garrido)

Banco ou fintech? Os dois!

Os bancos tradicionais têm uma resistência em relação às fintechs, mas a chegada do Open Banking e do Pix pode mudar isso. Apesar do esperado aumento do cenário competitivo, o Safra acredita que grandes instituições financeiras e empresas digitais poderão coexistir na mudança estrutural do setor.

O Safra manteve a visão positiva sobre os bancos e destacou que as ações das empresas estão com um valuation muito atraente.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 06/10/2020 - 15:24