Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Como usar o 13º salário? O uso consciente do benefício pode impactar sua saúde financeira

Giovana Leal
15/11/2021 - 9:00
O uso consciente do décimo terceiro salário impacta a saúde financeira do profissional (Imagem: Pixabay/joelfotos)

Para grande parte dos brasileiros, o fim de ano representa o momento de ter um desafogo financeiro. O motivo para isso é o pagamento do décimo terceiro salário, um direito garantido por lei que auxilia na renda familiar.

Esse dinheiro a mais é tão esperado pelas famílias que a maioria delas acaba não planejando como utilizá-lo de forma adequada. Os usos são variados e, diante de tantas opções de aplicação, muitos gastam mais do que deveriam.

Ainda que o décimo terceiro salário possa ser utilizado para potencializar o consumo, sobretudo em uma época de intensa movimentação no varejo, essas despesas precisam ser planejadas. Em 2020, por exemplo, uma pesquisa da Câmara Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Instituto Offer Wise Pesquisas mostrou que mais da metade dos brasileiros (53%) pretendia gastar o benefício nas compras natalinas e nas comemorações de Natal e Ano-Novo.

Entretanto, não precisa ser assim. Com preparo, é possível utilizar o décimo terceiro salário de forma consciente para atingir seus objetivos. Confira algumas dicas do economista e diretor executivo da Ahfin, Gustavo Godoy.

Estabeleça prioridades

O primeiro passo é saber o seu principal objetivo financeiro. São inúmeras possibilidades: quitação de dívidas, compras de fim de ano, investimento em ativos, reserva de emergência, contas de início de ano, entre outros. O mais importante é a pessoa ter em mente o que ela precisa resolver com essa quantia a mais na conta para traçar os melhores caminhos.

Não é fácil estabelecer essas prioridades, mas é essencial. Montar uma lista ajuda a elencar o que é mais prioritário de acordo com as metas e os sonhos de cada pessoa.

Pense a longo prazo

Uma das formas de estabelecer os critérios e as prioridades na hora de utilizar o décimo terceiro é ter uma visão completa sobre a sua saúde financeira.

A pessoa pode ter uma dívida agora, mas a longo prazo pode ser mais interessante poupar e montar uma reserva de emergência que a proteja de imprevistos, por exemplo.

Busque as melhores informações

As pessoas podem — e devem — buscar informações a respeito de como gastar conscientemente a renda extra. Lidar com o dinheiro exige cuidado, atenção e planejamento.

Nesse sentido, o avanço da internet é uma importante ferramenta à disposição. Se há algumas décadas era difícil encontrar informações a respeito de educação financeira, hoje é possível ter acesso a bons conteúdos em poucos cliques.

Faça o dinheiro render

Um dos principais mantras do mercado financeiro é fazer o dinheiro render, ou seja, garantir que a quantia possa trazer mais vantagens do que simplesmente o valor monetário.

Segundo o economista, isso não precisa se resumir à carteira de investimentos. O décimo terceiro salário também pode render, principalmente, no sentido de servir a vários propósitos.

Ele ainda aconselha a fazer uma divisão inteligente do total recebido. “Essa divisão pode permear desde o pagamento de dívidas à composição de uma reserva de emergência”, afirma.

O 13º salário é um aliado da saúde financeira

Aos poucos, o senso comum de que essa renda extra existe apenas para estimular o consumo está dando lugar a uma visão mais próxima desse benefício. Ou seja, se consolidar como uma importante ferramenta de saúde financeira.

“Quando se tem um dinheiro a mais em mãos, é fácil ceder à tentação de utilizá-lo nas demandas que parecem mais urgentes. Mas um dos pilares da saúde financeira é justamente se planejar de forma adequada para que a renda seja suficiente para financiar todos os seus objetivos”, reitera Godoy.

Última atualização por Giovana Leal - 12/11/2021 - 17:15

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.