Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Companhias aéreas da Europa à China cortam capacidade

20/01/2021 - 11:48
Aeronave, Aviação, Embraer
Os números da OAG mostram um quadro angustiante de um setor já em colapso (Imagem: YouTube/Embraer)

Companhias aéreas globais têm reduzido ainda mais voos no ano novo, já que a pior crise enfrentada pelo setor não dá sinais de melhora.

A Europa continua a ser a região mais afetada por restrições de viagens, e as aéreas operam com capacidade equivalente a cerca de 25% do nível antes do início da pandemia de Covid-19, segundo John Grant, analista da empresas de dados de aviação OAG.

Até mesmo a China, que passou a última parte do ano passado com capacidade perto do normal, registrou redução de 12% nos voos desde 18 de janeiro, disse.

“Não parece bom e, no mínimo, está retrocedendo”, disse Grant em webinar na quarta-feira. “Só precisamos aceitar estoicamente que, se quisermos viajar para o exterior, precisamos obter algum tipo de certificação.”

Os números da OAG mostram um quadro angustiante de um setor já em colapso após o fechamento de fronteiras e outras restrições de viagens que fizeram com que as reservas despencassem no ano passado.

As esperanças de recuperação no verão europeu estão ameaçadas com a disparada de casos e a novas cepas do coronavírus mais contagiosas em vários países.

A capacidade das aéreas em Cingapura caiu 88%, no Reino Unido encolheu 87% e, na Alemanha, a queda foi de 84%, segundo dados da OAG. A Ryanair, a maior aérea de baixo custo da Europa, cortou cerca de 92% dos voos, disse Grant. A Jet2, uma companhia aérea britânica, praticamente parou de voar, afirmou.

A chegada das vacinas oferece alguma esperança para o setor de aviação, embora as campanhas de vacinação levem tempo e devam ser vistas apenas como uma das soluções para retomar o turismo, segundo o analista. Uma recuperação completa pode levar outros quatro anos, disse Grant.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Vitória Fernandes - 20/01/2021 - 11:48