Conflito militar na Ucrânia, celeiro de grãos europeu, é gatilho para explosão de preços do milho e trigo

Giovanni Lorenzon
19/12/2021 - 9:01
Agronegócio Agricultura Trigo Grãos
Invasão russa na Ucrânia põe em risco o maior produtor de grãos da Europa (Imagem: Pixabay/WFranz)

Um conflito na Ucrânia, com as temidas invasão da Rússia e reações das tropas locais e da Otan, tem o poder de influenciar os preços do milho e do trigo mundialmente.

Com 100 mil soldados russos acantonados na fronteira, o país do Leste europeu praticamente concluiu a colheita 40 milhões de toneladas de milho e espera exportar 30 milhões. Nos dois casos, 10 milhões/t a mais, respectivamente.

Em relação ao trigo, a última temporada rendeu mais de 32 milhões/t e os produtores locais exportaram pouco acima de 14 milhões/t. E há expectativa de que o plantio possa ser melhor no próximo ciclo.

País de solos férteis e exportador líquido bem acima do que fica para consumo doméstico, qualquer cenário explosivo certamente impactará a oferta, que inclui, ainda, mais de 4 milhões/t de cevada e outras forrageiras de inverno.

Em 2014, a invasão e anexação da Crimeia pela Rússia já teve o poder de influenciar a produção de grãos do país, um dos maiores da Europa, embora o conflito tenha sido localizado.

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 19/12/2021 - 9:23

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto