Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Conselho de Ética da Câmara se reúne para discutir cassação do mandato de Eduardo Bolsonaro

22/11/2019 - 16:10
Eduardo Bolsonaro
Foram realizados no total três pedidos de cassação, os quais são de PSOL, PT, REDE, PCdoB e o próprio PSL (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar se reúne na terça-feira (26) para a instauração de três processos contra o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e sorteio de lista tríplice para posterior escolha do relator.

Dois desses processos foram motivados pelas declarações do deputado durante entrevista a um canal no YouTube, em 31 de outubro deste ano, em que Eduardo Bolsonaro disse que “se a esquerda radicalizar” a resposta pode ser “via um novo AI-5”. Ele se referiu ao Ato Institucional nº 5, editado em 1964 pelo presidente Costa e Silva, durante o regime militar, que resultou na perda de mandatos de parlamentares e na suspensão de garantias constitucionais.

Os pedidos foram feitos por Psol, PT, PCdoB e Rede.

O terceiro pedido de cassação do mandato do deputado partiu do PSL, legenda de Eduardo Bolsonaro. O partido acusa o deputado de ter ofendido  Joice Hasselmann (PSL-SP) nas redes sociais após a deputada ter se colocado contra a indicação de Bolsonaro para a liderança do PSL.

A reunião está marcada para as 14h30 em plenário a ser definido.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Bruno Andrade - 22/11/2019 - 16:10