Conteúdo Vitreo

Ações em liquidação: invista em Raízen e Cosan por apenas R$100 e busque lucros inteligentes com o IPO que está por vir

A Raízen não é apenas a Oferta Pública do ano, mas também uma das maiores aberturas na história da Bolsa brasileira: a empresa está mirando em um IPO de R$10 bilhões. (Imagem: Getty Images Pro)

Quarta-feira da semana passada, o período de reserva para o IPO da Raízen foi aberto. A empresa, líder mundial na produção de biocombustíveis, já anunciou que o preço das ações devem variar entre R$ 7,40 e R$ 9,60 cada, e deve estrear na Bolsa no começo do mês que vem, dia 5.

O IPO está sendo considerado o mais importante da temporada, isso por alguns motivos.

Primeiro, o IPO significa a estreia na B3 de uma das cinco maiores empresas do Brasil em receita. A companhia teve quase R$ 115 bilhões registrados, se levarmos em conta o ano-safra encerrado em março passado. 

Atualmente, a companhia controla 15% da produção nacional de cana-de-açúcar. Esse percentual faz a Raízen ser a maior produtora desse tipo de commodity para a energia limpa do mundo.

QUERO ME POSICIONAR NO IPO DA RAÍZEN, LÍDER MUNDIAL EM BIOCOMBUSTÍVEIS

Além disso, a listagem da Raízen é extremamente importante para o etanol brasileiro. Isso porque ela coloca a cana de açúcar na concorrência como matriz energética internacional, em um mundo que está cada vez mais focado na redução das emissões de carbono.

O mercado de crédito carbono, inclusive, está em crescimento e deve continuar em alta. Como o etanol é menos poluente do que outros combustíveis oriundos do petróleo, a Raízen pode se posicionar como uma exportadora de sustentabilidade, seja vendendo créditos ou mesmo fomentando o uso de fontes renováveis, como o álcool.

Essa tendência sustentável tem um nome: ESG. Do inglês, a sigla para Ambiental, Social e Governança tem sido um foco muito grande dos investidores internacionais. Alguns analistas acreditam que, pela Raízen ser uma companhia de combustíveis sustentáveis, a abertura de seu capital atrairá muitos investidores europeus, que estão extremamente focados na tendência.

O PERÍODO DE RESERVA ESTÁ CHEGANDO AO FIM: SE POSICIONE AGORA

Se você ainda estava em dúvida sobre se posicionar, olhe por esse lado: todos os fatores acima fazem com que a Raízen seja não apenas a Oferta Pública do ano, mas também uma das maiores aberturas na história da Bolsa brasileira: a empresa está mirando em um IPO de R$10 bilhões. 

Esse IPO não beneficia somente a empresa. A Raízen é uma joint venture entre Cosan e Shell, e ambas serão beneficiadas com a abertura de capital da empresa.

Isso é verdade quando você olha especificamente para a Cosan. Felipe Miranda, sócio fundador da maior casa de research independente do Brasil, acredita que o IPO deve desbloquear os valores da empresa. 

Diz ele: “As ações de Cosan estão muito baratas quando consideramos a soma das partes, ou seja, tudo que a empresa tem. E o crescimento da própria Raízen vai se traduzir no crescimento também da Cosan, destravando bastante valor ali”.

Para o analista, ainda que Raízen seja uma operação interessante, ela está vindo na Bolsa mais cara do que a própria Cosan. Portanto, além de ser proveitoso o IPO em si, ele é uma oportunidade maravilhosa para os investimentos na empresa.

INVISTA AGORA

Caso você já tenha interesse em se posicionar, de maneira mais estratégica no IPO, mas ainda não tenha certeza por qual meio participar, a Vitreo, fintech do grupo BTG, pode te ajudar.

A corretora anunciou hoje que irá participar do IPO da Raízen, entrando por meio do Fundo Vitreo Agro. A Cosan, inclusive, é uma das maiores posições do book de ações do Fundo, cujo aporte mínimo é de apenas R$100.

Enquanto fazer reserva com a fintech custaria para o investidor, no mínimo, R$3 mil reais, você pode pegar esse dinheiro e colocar no Fundo, que traz uma abordagem estratégica de investimento para o momento das companhias. 

Assim, seu investimento vai abranger mais amplamente as consequências positivas e lucros do IPO. Além da Raízen, o Vitreo Agro já tem as principais empresas do agronegócio, commodities e contratos futuros. E você pode se expor à tese agro sem precisar operar nenhuma plataforma, muito menos maquinário ou colheitadeira. 

Para referência, um investidor sozinho precisaria dispor de, no mínimo, R$2 milhões para montar a carteira que o fundo oferece. Mas, para investir por meio da Vitreo, tudo que a empresa precisa é do investimento mínimo de R$100, suas informações e pronto! 

A Vitreo fornece soluções de investimento personalizadas pensadas para o seu perfil, tudo isso de forma transparente e alinhada com você. Por isso, acesse este link para conhecer o fundo Vitreo Agro, e se posicionar de maneira inteligente no maior IPO do ano da Bolsa brasileira.

QUERO PARTICIPAR DE UMA DAS MAIORES ABERTURAS NA HISTÓRIA DA BOLSA DE MANEIRA INTELIGENTE COM A VITREO

Atenção:
É importante dizer que não há como garantirmos a entrada no IPO, considerando que tudo depende do formato da alocação definida pelos Coordenadores de ambas as ofertas, mas o nosso time de gestão está trabalhando duro para entrar nessa oportunidade. Não deixe de ler o regulamento do fundo e seus fatores de risco antes de investir. Retornos passados não garantem retornos futuros. Antes de investir, verifique se o apetite a risco do fundo está em linha com o seu perfil de investimento. As rentabilidades apresentadas nas comunicações da Vitreo não são líquidas de impostos. A aplicação em fundos de investimento não conta com a garantia do FGC, de qualquer mecanismo de seguros ou dos prestadores de serviço do fundo.