Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM
Conteúdo Empiricus

Ações reveladas: Max Bohm e Henrique Florentino abriram os nomes de dois entre 6 papéis com maior potencial de toda a bolsa; veja quais são

Imagem: Live Empiricus

Os analistas com as carteiras mais rentáveis da casa abriram dois dos seis nomes que estão no novo projeto de lucros exponenciais chamado Extreme Stocks

Na noite de ontem (12), os analistas da Empiricus, Max Bohm e Henrique Florentino, se reuniram para uma live na qual abriram os nomes de duas das seis ações de empresas com o maior potencial de multiplicação da bolsa, na concepção deles. Mas sei que você chegou aqui sem entender por que eles fizeram isso, te explico.

A transmissão ao vivo, que teve como mediadora Bettina Rudolph, faz parte de um projeto chamado Extreme Stocks. Ele é quem está possibilitando o encontro entre os analistas com as duas carteiras mais lucrativas da casa, para que tragam indicações dos ativos que mais podem se valorizar no médio e longo prazo. Isso já aconteceu em outras ocasiões e os resultados foram impressionantes:

Na última live, que aconteceu em setembro de 2020, Henrique Florentino recomendou a compra dos papéis da Alper Consultoria (APER3). Na época, eles estavam avaliados abaixo do valor justo na opinião do analista, a R$ 29. Já no fechamento de ontem (12), foram cotados a R$ 56. Ou seja, 93% de valorização em oito meses. 

Em outra ocasião, Max esteve com Bettina e abriu os nomes de empresas que estavam no seu radar e bombaram na bolsa tempos depois, como Locaweb (LWSA3) e Oi (OIBR3). Apesar de não fazerem mais parte da carteira do analista, as ações multiplicaram por duas vezes o valor de mercado no ano de 2020.

Mas agora as “bolas da vez” são outras. Na noite de ontem, Max e Henrique se uniram para colocar as indicações de suas carteiras novamente à prova. De um lado, Henrique trouxe sua seleção de Ações Exponenciais, empresas que se encontram em situações especiais. E, do outro, Max apresentou sua lista de Microcaps, pequenas empresas com grande potencial de crescimento. 

É importante destacar aqui que nem todas as ações exponenciais são necessariamente microcaps. E, da mesma forma, nem todas as ações exponenciais são microcaps. Por isso, os analistas tiveram que estudar ação por ação, em busca do ponto de intersecção entre elas. E deu certo:

Max e Henrique encontraram 6 microcaps que estão em situações especiais neste momento e que podem multiplicar o dinheiro investido em até 10 vezes nos próximos anos.

Os dois primeiros nomes foram revelados ontem e vou te contar quais são. Prepare papel e caneta para anotar.

Essas foram as revelações dos analistas 

Max Bohm recomendou a compra dos papéis de uma mineradora

A primeira ação entre as seis com maior potencial para se multiplicar este ano saiu da carteira de Max Bohm. Ele está há pelo menos cinco anos cobrindo o segmento de microcaps, as menores ações da bolsa na Empiricus, na carteira intitulada Microcap Alert.

Para que você consiga mensurar o sucesso da carteira dele, desde que foi criada em agosto de 2014 até o momento já foram mais de 552% de valorização, contra apenas 397% do Índice Small Cap (referência para as microcaps). Isso sem contar os acertos cirúrgicos em algumas ações, que renderam ainda mais, como por exemplo 1.036% com Sinqia (SQIA3).

Entendo que ganhos passados não são garantia para retornos futuros, mas há um grau de assertividade aqui que não deve ser ignorado. Agora, Max decidiu abrir o nome de uma das ações de sua lista em parceria com Henrique. Trata-se de uma mineradora de ouro e cobre, com valor de mercado de R$ 4,6 bilhões. Ela está presente no Brasil, Estados Unidos, Honduras e México e tem como principal fonte de receita a extração e venda de ouro. 

Como segunda fonte de renda, a empresa também extrai e comercializa o cobre, que atualmente encontra-se na máxima histórica de preço. Na visão de Max, o cobre está atrelado à recuperação econômica e pode passar por um gatilho no mercado internacional nos próximos meses. Sendo assim, o analista está recomendando a compra dos papéis da Aura Minerals (AURA33). 

Pode ser que você não esteja familiarizado com o 33 no final do ticker. Bom, acontece que a Aura é uma BDR, ou seja, uma ação listada na bolsa de valores brasileira mas que originalmente foi listada em outro país. Neste caso, a mineradora foi listada pela primeira vez no Canadá, onde está a maioria das empresas do nicho. Mas não se preocupe, comprar uma ação internacional é tão fácil quanto comprar uma ação VALE3… 

Para Max, o grande potencial desta empresa é que, além de lucrar com o preço do ouro e do cobre, ela ainda paga dividendos. No semestre passado, foram 8% de dividend yield aos acionistas, e tem mais por vir até o fim do ano… Além disso, o analista ressalta que a empresa tem receita dolarizada, portanto, lucra com a moeda bem precificada. 

Você pode até achar mais lucrativo investir puramente em ouro, mas será difícil lucrar tanto quanto com a Aura Minerals, de acordo com Max Bohm. “Essa é uma oportunidade de ter exposição a dólar, ouro, cobre, com crescimento e recebendo dividendos. Você precisa tê-la na sua carteira de microcaps”. 

CLIQUE AQUI PARA CONHECER AS 6 AÇÕES COM MAIOR POTENCIAL DE MULTIPLICAÇÃO DA BOLSA BRASILEIRA

Henrique Florentino indicou as ações de uma empresa de infraestrutura

O primeiro nome já foi, agora vamos para o segundo. A outra indicação que foi aberta na live veio de Henrique Florentino, especialista em ações em situações especiais na bolsa. Ele é mais novo do que Max na Empiricus e chegou ao final de 2018, mas já no ano seguinte teve a carteira mais lucrativa da casa

O analista é responsável por identificar empresas que estão passando por algum evento que possa implicar na multiplicação de valor de seus ativos. Ele pode envolver:

  • Aumento de capital;
  • Readequação de projeto junto às agências reguladoras;
  • Projeto de reestruturação para revitalização de operações e recuperação de margens;
  • Anúncio de processo de reestruturação operacional;
  • Renegociação de dívida junto aos credores.

Agora, ele trouxe uma empresa da sua série em que vê sinergias com a carteira de Max. Trata-se de uma empresa de infraestrutura, especializada em locação de plataformas aéreas para indústrias e construção civil, auxiliando na instalação de aeroportos, portos, rodovias e pontes. Na visão do analista, ela era um case excelente em 2014, mas foi afetada pela investigação da Lava Jato, que envolveu grandes empreiteiras. 

Por causa disso, a empresa foi penalizada e sofreu com a falta de demanda. Porém, em meados de 2017 ela passou por uma reviravolta ao se dedicar aos aluguéis de equipamentos de plataformas aéreas, substituindo com mais eficiência e segurança os andaimes. Desde então, Henrique passou a acompanhá-la e em 2019 fez a sua primeira indicação.

Para o especialista, a empresa vem entregando resultados consistentes, passou por um rali de alta, está gerando caixa líquido e, embora ainda tenha 50% de ociosidade em ativos, é líder no segmento com 30% de participação. Sendo assim, Henrique está recomendando a compra dos papéis da Mills Estruturas e Serviços de Engenharia (MILS3).

Henrique acredita que a crise do coronavírus gerou oportunidades de aquisições para as grandes empresas e a Mills está sabendo aproveitar a situação. Diante disso, ele acredita que ela irá alavancar o seu crescimento através disso e deve crescer nos próximos meses. “Ela está redonda, pronta para decolar”, afirma. 

SAIBA AQUI QUAIS SÃO AS OUTRAS 4 AÇÕES RECOMENDADAS POR MAX E HENRIQUE PARA MULTIPLICAR O DINHEIRO INVESTIDO EM ATÉ 10 VEZES

Mas calma aí… não invista antes de ler este aviso

Você acabou de conhecer duas das seis Extreme Stocks que foram apuradas pelo Max e pelo Henrique. Mas antes de correr para o home broker e colocar todo o seu dinheiro nestas ações, devo te lembrar que esse tipo de ativo traz uma parcela de risco. Afinal, estamos falando do segmento de maior potencial de toda a bolsa brasileira…

Os analistas não querem que você corra riscos desnecessários e acabe perdendo a sua única quantia disponível para investir. Na verdade, eles querem te ajudar a fazer aportes de forma responsável, explorando ao máximo os lucros que cada ativo recomendado pode entregar. 

Mas isso só é possível com uma carteira diversificada, que dilui os riscos ao mesmo tempo em que aumenta a possibilidade de ganhos. Para isso, o melhor a fazer é distribuir o dinheiro entre as ações do seu portfólio. Dessa forma, aquela que der certo “pagará a conta” de todas as outras que deram errado.

SAIBA AQUI QUAIS SÃO OS NOMES DAS 6 AÇÕES QUE PODEM ENTREGAR OS MAIORES LUCROS DE TODA A BOLSA BRASILEIRA

A seguir, quero apresentar a proposta que os dois analistas prepararam para que você possa atingir esse resultado. 

Os analistas reservaram uma vaga no projeto Extreme Stocks para você

Mais do que abrir os dois nomes das ações que estão recomendando, Max e Henrique querem elevar o seu perfil investidor a outro patamar. Eles estão te convidando para participar do novo projeto que estão lançando, o Extreme Stocks. Isso vai além de uma simples série… Trata-se de um projeto para ganhar dinheiro e dar uma guinada definitiva na vida financeira.

Neste projeto, você terá acesso a todas as ações recomendadas pelos analistas, com o maior potencial de toda a bolsa brasileira. Além disso, será orientado sobre quando comprar e vender cada um dos ativos, quanto alocar e como comprá-los. 

Mas isso não é tudo. Quem concordar em participar do Extreme Stocks também sairá ganhando um combo de brindes exclusivos:

  • 12 meses de acesso à série Microcap Alert, do Max, especializada nas menores empresas da bolsa;
  • 12 meses de acesso à série Ações Exponenciais, do Henrique, com foco em ações em situações especiais;
  • 9 módulos do curso Microcap Hunter, onde o Max ensina como identificar boas microcaps no mercado.

Eu nunca vi nada parecido antes ser oferecido na Empiricus. É realmente uma oportunidade única. Tão única que apenas 500 pessoas poderão fazer parte do Extreme Stocks. Afinal, a alta superficial dos preços das ações poderia ser brutal com muita gente investindo. É preciso colocar um limite de adesão.

Sabendo de tudo isso, destravar uma vaga me parece uma decisão óbvia. Pense bem: você poderá se expor ao segmento mais lucrativo da bolsa brasileira e ainda terá o auxílio de dois experts no assunto para investir. Acredite, Max e Henrique estão dispostos a praticamente pegar na sua mão em busca dos maiores lucros este ano…

Diante dessa oportunidade, aconselho que você ao menos dê uma lida no documento que eles prepararam com a proposta formal. Você não vai perder nada por ir lá dar uma olhada e ver se a tese de investimento deles faz sentido pra você. Depois pode decidir se vale a pena embarcar nessa empreitada ou não.

DESTRAVE AQUI A SUA VAGA NO PROJETO EXTREME STOCKS E RECEBA OS NOMES DAS 6 AÇÕES COM MAIOR POTENCIAL DA BOLSA BRASILEIRA