Conteúdo Empiricus

Conheça o ‘melhor trabalho do mundo’: ele pode ser feito de qualquer lugar, paga até R$ 1.583.091 de comissão e está contratando

copywriting; copywriter; work; beach
Com essa profissão você pode trabalhar de onde quiser, no horário que quiser, ganhando salário inicial de R$ 5 mil e comissões variáveis de até R$ 1 milhão; entenda. Fonte: Shutterstock

Este é o ‘melhor trabalho do mundo’. Ele pode ser feito de qualquer lugar, em qualquer horário, tem salário inicial em regime CLT a partir de R$ 5 mil  e comissões variáveis de até R$ 1 milhão. Não exige qualquer formação tradicional, permite escrever sobre aquilo que mais gosta e pode construir empresas do zero (ou elevar o patamar daquelas que já existem).

Não sabe de que tipo de trabalho estou falando? Esse profissional é responsável por escrever campanhas que vendem milhões e muitos podem dizer que ele é como um redator publicitário. Mas, popularmente, ele é mais conhecido como copywriter.

Você provavelmente já recebeu muitos materiais escritos por ele, mas sequer percebeu. Basta pensar nos anúncios de Youtube, cartas de venda e e-mails com conteúdo vendedor que chegaram até você com o intuito de fazê-lo adquirir um produto e/ou serviço.

E pode ser que você já tenha se incomodado, ignorado e até mesmo mandado para a lixeira alguns destes materiais, mas sabe qual é a verdade? Eles atuam como o principal gerador de receita de diversas empresas ao redor do mundo.

Estamos falando de uma profissão que escreve textos que criam empregos, sustentam famílias e já garantiram até 10 anos de prosperidade para alguns negócios. E, se você tem alguma afinidade com a escrita, tenho uma boa notícia para te dar: 

Você pode se tornar um copywriter também, mesmo que nunca tenha ouvido falar nessa profissão e não tenha nenhum conhecimento técnico. Devo dizer que esse não poderia ser um momento melhor para fazê-lo, afinal, essa indústria ainda não existe no Brasil.

Quantas pessoas você conhece que se autointitulam copywriters? Pois é. Trata-se de um área que carece de profissionais ou mesmo de pessoas interessadas em aprender a função. Mas, por outro lado, o interesse das empresas por copywriters só cresce a cada dia no país.

Ao mesmo tempo em que um ‘mar de pessoas’ segue desempregada nas mais diversas partes do Brasil, os copywriters recebem cada vez mais propostas de emprego por empresas gigantescas, de diferentes nichos. A verdade é que eles estão sendo ‘disputados a tapas’: salários exorbitantes, oportunidades em companhias de renome, com um amplo leque de benefícios e alta flexibilidade. Ou seja, nunca ficam parados.

A procura já se tornou tão absurda que há empresas oferecendo treinamento para ‘criar’ estes profissionais do zero. Tudo o que elas exigem é afinidade com escrita e leitura, um bom computador e vontade de aprender. E, em poucos meses de formação, eles podem receber comissões bem ‘gordas’, por meio de textos persuasivos que rendem milhões. Dá uma olhada na comissão recebida por um copywriter da maior casa de análise financeira do Brasil:

Fonte: Empiricus

Além de serem bem remunerados, estes profissionais ainda contam com uma vantagem competitiva: são os mais procurados da indústria 3.0, ligada estreitamente à tecnologia e que busca por cada vez mais espaço na internet. Empresas deste segmento estão sendo obrigadas a disputarem por copywriters, que ainda são escassos no mercado de trabalho.

“Se eu vejo um profissional desses por aí, eu agarro. Eu pego e trago para trabalhar comigo”

Toda empresa que vende pela internet está em busca de copywriters, mesmo que ainda não saiba. De acordo com a plataforma de pesquisa qualitativa Dscout, nós tocamos de 2 mil a 3 mil vezes no celular todos os dias. E, no futuro, é esperado que a próxima geração faça o dobro: até 6 mil cliques por dia. 

Algumas companhias ainda não se deram conta, mas cada um destes cliques é uma venda em potencial. Textos persuasivos e bem escritos podem mudar completamente um negócio, elevando-o de patamar. Quer um exemplo? A maior empresa de marketing digital do Brasil foi da falência a R$ 300 milhões faturados por ano com o trabalho de copywriters. 

Esses profissionais podem fazer milhões só com um texto, um anúncio ou um e-mail. Mas o problema é que encontrá-los é a coisa mais difícil de se fazer atualmente. Isso porque nenhuma faculdade do Brasil tem uma formação específica para copywriters.

Então como esses profissionais são ‘criados’? Sem dúvidas é preciso alguma formação, mas como dito anteriormente, não é nada tradicional. Atualmente, alguns treinamentos estão sendo oferecidos justamente para pessoas que desejam mudar de carreira e ingressar na área de copywriting. 

Se você está insatisfeito com o trabalho que exerce hoje e gostaria de dar um giro ‘360º’ na sua vida profissional, essa pode ser a oportunidade que você precisava. E não digo isso apenas pelos salários altos e comissões ‘gordas’. Mas principalmente pela possibilidade de trabalhar de onde quiser, podendo escolher a dedo a empresa que quer atuar e, a melhor parte, sem precisar dedicar longos anos da sua vida aos estudos.

Estou dizendo isso pois o que mais interessa para atuar como copywriter não é o que você estudou, mas sim o que você sabe. Não importa se você fez faculdade, pós-graduação ou tem doutorado. Se você colocar tudo o que aprendeu na prática e gerar resultado, é isso o que importa.

Se quiser entrar nessa ‘empreitada’, há um treinamento com vagas abertas agora. É um dos primeiros a serem oferecidos no Brasil e o conteúdo é de tamanha importância que ele é exigido como porta de entrada para trabalhar como copywriter na maior casa de análise financeira do país, a Empiricus. Os melhores alunos deste curso profissionalizante podem sair com uma vaga de trabalho com salário inicial de R$ 5 mil e até R$ 1 milhão em comissões.

Ela está fazendo isso pois, assim como diversas outras empresas da indústria 3.0, está em busca de novos talentos com potencial para gerar milhões de reais. E, quem sabe, esse novo talento possa ser você:

“Se eu vejo um copywriter bom por aí, eu agarro. Eu pego ele e trago para trabalhar comigo” – afirma Roberto Altenhofen, CMO e chefe da equipe de copywriting da Empiricus

[INCREVA-SE GRATUITAMENTE] TORNE-SE UM COPYWRITER E TENHA A CHANCE DE SER EMPREGADO COM SALÁRIO DE R$ 5 MIL E COMISSÕES DE ATÉ R$ 1 MILHÃO

Você pode ser um dos escolhidos para ganhar salário inicial de R$ 5 mil e comissões de até R$ 1 milhão

O treinamento chamado ‘Copy Camp’ é o primeiro a formar copywriters no Brasil. Ele foi criado por Roberto Altenhofen, CMO e chefe da equipe de copywriting da Empiricus. A razão para que ele exista é simples: Altenhofen também já teve dificuldade para encontrar bons profissionais na área de copywriting. 

Por isso, ele criou não apenas uma formação completa, prática e que é reconhecida pelo sucesso na inserção no mercado de trabalho, como também uma forma de selecionar os melhores copywriters no Brasil. Afinal, ele sabia que, antes dessa formação 100% online, havia pouquíssimas pessoas que sabiam fazer isso no país. 

Devido à barreira de linguagem, era ‘fora da mão’ buscar profissionais lá fora. Assim, Altenhofen decidiu abrir tudo o que sabe acerca do copywriting, entregando suas principais estratégias, formatos e ideias. “Eu tenho a intenção de formar gente para trabalhar comigo, nem que não seja aqui dentro [da Empiricus]. Mas, logicamente, sendo muito bem remunerado por isso”, afirma. 

Como dito anteriormente, esses profissionais podem ser muito bem pagos, para além do salário fixo praxe da CLT, que é de R$ 5 mil. Isso porque eles também recebem comissões por cada uma das vendas geradas. Ou seja, não só a empresa sai ganhando com estes profissionais, mas eles mesmos podem ganhar uma boa quantia pelo texto que escreveram. Quantias estas que, na Empiricus, já chegaram até R$ 1 milhão no final do semestre.

A estima pelo que os copywriters conseguem entregar às empresas é tão grande que, com o tempo, eles podem ser convidados a se tornarem sócios do negócio. Na Empiricus, grande parte deles já são associados. E isso torna tudo muito mais interessante: imagine só se tornar sócio de uma empresa e, além de todos os benefícios, ter participação na geração de capital?

Você pode ter tudo isso, caso queira. A porta de entrada está aqui: este treinamento totalmente online irá formá-lo como copywriter e, ao final, oferecerá uma vaga de trabalho aos melhores alunos para trabalhar na Empiricus.

Mas, se por alguma razão você não queira trabalhar na Empiricus, não tem problema nenhum. Saiba que, com este treinamento, você estará apto para aplicar o copywriting no seu próprio negócio, seja ele qual for. Ou, ainda, criar uma empresa do zero, com você oferecendo este serviço para outras pessoas. Com o ‘Copy Camp’, isso fica ainda mais fácil, pois você terá acesso a um marketplace para divulgar seu trabalho às maiores empresas do Brasil. 

Os únicos requisitos para começar são:

  • Gostar de ler e escrever;
  • Ter um computador com acesso a internet; e
  • Estar disposto a aprender sobre o modelo de negócio.

Se você tem esses três requisitos, aconselho que não perca mais tempo. As 4 primeiras aulas deste treinamento já foram liberadas e são totalmente gratuitas. Roberto Altenhofen decidiu abrir os primeiros conteúdos sem cobrar nada para dar um “empurrão” e encorajá-lo a mergulhar de cabeça no que ele chama de ‘o melhor trabalho do mundo’. 

Mas não se engane: não é porque as aulas são gratuitas, que elas não são realmente boas. Na verdade, há conteúdos ali que podem te dar insights para já começar a elaborar a sua primeira campanha vencedora. E ter resultados como estes aqui:

[FAÇA A SUA INSCRIÇÃO GRATUITA AQUI] QUERO SER UM COPYWRITER, RECEBER SALÁRIO INICIAL DE R$ 5 MIL E COMISSÕES VARIÁVEIS DE ATÉ R$ 1 MILHÃO

Profissão exponencial, antifrágil e que pode fazer empresas crescerem até 140 vezes

Para que você entenda todo o potencial que o copywriting carrega, acho importante um exemplo prático. Em 2013, a Empiricus tinha cerca de 3 mil assinantes e estava prestes a falir. Para você ter uma ideia, a meta semestral do diretor comercial da empresa era vender R$ 20 mil em aparelhos de escritório. Tudo estava sendo anunciado no Mercado Livre, para quitar dívidas. 

Os sócios se dedicavam ao negócio, acertavam as indicações de investimento, mas não conseguiam se sustentar. Até que descobriram um modelo de negócio que realmente funciona: o copywriting. Ele fez com que a Empiricus saltasse para 140 mil assinantes em apenas um ano. A partir de relatórios de investimentos que, convenhamos, ninguém sonha em comprar.

Você não acorda pela manhã e diz “quero ler um relatório de um analista sobre ações”. Mas, com o trabalho de copywriters, estes produtos se tornaram atrativos e vendedores. O que eu quero que você entenda é que um texto, com as palavras e ideias certas, pode elevar o patamar de uma empresa.

“Esse modelo de negócio fez a Empiricus aumentar seu tamanho em 140 vezes. Se aconteceu comigo, pode acontecer com você também. Na verdade, pode acontecer com todo mundo. O modelo é adotado nos mais diversos países, em culturas e legislações diferentes, sempre com resultados excepcionais” – Felipe Miranda, sócio fundador da Empiricus

E não pense que isso é uma exclusividade de finanças. Atualmente, os copywriters atuam até em coisas inimagináveis: aulas de instrumentos musicais, como conseguir um date, carros, turismo, imóveis. Pode ser para uma empresa gigantesca que quer melhorar o canal de vendas ou para alguém que, sozinho, quer vender um curso de inglês.

O modelo de negócios funciona para qualquer coisa, pois segue dois pilares essenciais:

  1. É exponencial. Na Empiricus, por exemplo, o custo marginal de produção é zero. A equipe pode ter 420 assinantes ou 1 milhão e o custo continuará o mesmo. É um negócio escalável e tem um alcance massivo;
  2. É antifrágil. Os copywriters conseguem aproveitar até os piores momentos e transformá-los em dinheiro. Foi assim com a tese do ‘Fim do Brasil’, na crise do governo Dilma; no governo Temer e até mesmo na pandemia, quando ninguém acreditava que o Ibovespa poderia alcançar os 130 mil pontos.

Uma única ideia de campanha pode ser brutal e de alto impacto e é justamente isso que Roberto Altenhofen e a melhor equipe de copywriters do Brasil querem ensinar a você neste treinamento.

[INSCREVA-SE GRATUITAMENTE] QUERO ME TORNAR UM COPYWRITER, RECEBER SALÁRIO INICIAL DE R$ 5 MIL E COMISSÕES VARIÁVEIS DE ATÉ R$ 1 MILHÃO

Os melhores alunos ganharão uma vaga de emprego com salário inicial de R$ 5 mil e comissões de até R$ 1 milhão – quer ser um deles?

Se ficou interessado no ‘melhor trabalho do mundo’ e quer se tornar um copywriter, você pode. Mesmo sem ter nenhum conhecimento prévio e podendo contar com a instrução de quem faz isso há anos e gerando milhões. Após fazer a inscrição gratuita no treinamento, você poderá ter acesso a:

  • 4 aulas gratuitas com Roberto Altenhofen;
  • Uma vaga de trabalho com salário inicial de R$ 5 mil;
  • Comissões variáveis que podem chegar à R$ 1 milhão;
  • Uma formação completa que vai te dar todos os subsídios necessários para se tornar um copywriter saindo do zero; e
  • Um marketplace para que você possa divulgar seu trabalho, bem como receber propostas das melhores empresas do Brasil.

As 4 primeiras aulas gratuitas já estão disponíveis. Para assisti-las, basta acessar este link e fazer o seu cadastro. Pode ficar tranquilo, você não vai precisar pagar nenhum centavo para assisti-las.

E por que isso? Bom, a Empiricus reconhece que trocar de profissão pode dar um ‘frio na barriga’. Por essa razão, decidiu abrir os primeiros conteúdos sem cobrar nada. Com isso, você pode entrar lá, assistir aos vídeos, conhecer melhor a proposta de Altenhofen e a equipe dele e só depois decidir se de fato quer seguir com a formação de copywriter.

Depois de tudo isso, eu honestamente não vejo um motivo para que você não acesse o conteúdo agora. Assista às primeiras aulas sem assumir nenhum compromisso no link abaixo. Tenho certeza de que depois você voltará para me agradecer:

[INSCREVA-SE GRATUITAMENTE] QUERO ME TORNAR UM COPYWRITER, RECEBER SALÁRIO INICIAL DE R$ 5 MIL E COMISSÕES VARIÁVEIS DE ATÉ R$ 1 MILHÃO