Conteúdo de Marca

De 3 mil clientes para 420 mil: como a Empiricus saiu da beira da falência até a venda ao BTG

Empiricus copywriting
Crédito: Divulgação

Empreender, com certeza, não é algo fácil. As pessoas podem ter bons produtos ou oferecer ótimos serviços, mas isso nem sempre é garantia de que o negócio irá prosperar. Muitas boas empresas fracassam e você provavelmente deve conhecer alguma história do tipo. O que muitos empresários, e até mesmo trabalhadores, não percebem é que, mais do que oferecer qualidade, eles precisam ser vistos e notados. Foi uma estratégia de marketing digital inovadora que levou a Empiricus, maior casa de research do Brasil, da beira da falência em 2013 até ser comprada pelo BTG, no começo de 2021. 

“A gente se dedicava ao negócio feito louco, tinha a mesma cabeça de hoje, acertava bastante as indicações de investimentos, mas empresa não se sustentava”, lembra Felipe Miranda, CIO (Chief Information Officer) e estrategista-chefe da Empiricus, sobre o começo do seu empreendimento.

Na época, a iniciativa, hoje bem sucedida, capengava: Miranda e seus sócios chegaram a colocar os móveis dos escritórios à venda para arrecadar R$ 20 mil, conseguir fechar o mês e pagar os funcionários da Empiricus. “Parece exagero, mas era rigorosamente isso. Estávamos vendendo tudo, até benjamin, no Mercado Livre. Telefone, televisão, geladeira… foi tudo”, conta.

Os produtos produzidos por Miranda e sua equipe continuam sendo os mesmos: relatórios que buscam potencializar o lucro dos investidores. O número de assinantes, porém, saltou de três mil em 2014 para 420 mil atualmente. O que mudou não foi o produto vendido, foi a forma de trabalhar a visibilidade da Empiricus

Trata-se de uma técnica chamada “copywriting”, que é usada há décadas nos Estados Unidos mas era desconhecida das equipes de marketing do Brasil até pouco tempo. Felizmente, a Empiricus resolveu compartilhar agora esse conhecimento para qualquer interessado.

CONHEÇA A ESTRATÉGIA DE MARKETING QUE SALVOU A EMPIRICUS DA FALÊNCIA E A TRANSFORMOU EM UM NEGÓCIO LUCRATIVO

Como a Empiricus adotou o copywriting

“Em uma daquelas sortes inacreditáveis da vida, fomos procurados pela Agora Inc., uma publicadora americana de newsletters financeiras, que é a maior do mundo. Os caras já estavam em 20 países e queriam entrar no Brasil”, conta Miranda. “Eles impuseram uma única condição: implementar o seu modelo de negócios com uma fabulosa plataforma de marketing digital e uma coisa que sequer conhecíamos à época, chamada copywriting”, explica. 

O marketing digital utiliza as diversas plataformas online para promover produtos e serviços. Já o copywriting é uma técnica de escrita que busca levar os leitores à conversão. 

Se você não consegue imaginar como esses dois métodos funcionam, basta pensar nos e-mails de venda, anúncios do YouTube e todas as propagandas da internet. Ou, se preferir, veja este vídeo do Roberto Altenhofen, CMO da Empiricus, que explica como essa técnica fez a Empiricus vender R$ 1 bilhão em produtos digitais. 

A Empiricus se tornou conhecida, em grande parte, justamente por suas campanhas publicitárias. Você já deve ter visto algum anúncio ou vídeo da casa por aí, seja no Facebook, no YouTube ou em qualquer outra rede social. Algumas pessoas podem até não gostar, mas o crescimento exponencial da empresa nos últimos não deixa negar que o método adotado funciona.

R$ 1 Bilhão em vendas de produtos digitais

Após a Agora Inc. firmar a sociedade, e os métodos de marketing e copywriting serem implementados, os resultados apareceram rapidamente. Em um ano, as vendas saltaram dez vezes. “Implementamos o modelo, o copiando à risca, com humildade e disciplina”, conta Miranda. 

Hoje, com todo o sucesso gerado pelo marketing digital e pelos copywriters, a Empiricus lucra R$ 300 milhões por ano. Em 2020, no meio da pandemia, ela recomprou a parte societária que vendeu aos americanos quando as coisas ainda estavam engatinhando. 

E não há mistério na fórmula: trata-se apenas de alcançar mais pessoas, através do marketing digital, e utilizar uma forma de escrita que já é comprovadamente eficaz. “Esse modelo é adotado nos mais diversos países, em culturas e legislações diferentes, sempre com resultados excepcionais. Essa técnica é aplicada para coisas inimagináveis: aulas de instrumentos musicais, carros, turismo, imóveis”, esclarece o CIO da Empiricus. 

Você tem ideia do quanto essa técnica vale para uma empresa? É a chave para alavancar as vendas pela internet. É por isso que a Empiricus paga comissões generosas para seus copywriters e está em constante busca por bons profissionais. 

SAIBA COMO SER UM COPYWRITER E ALAVANCAR A SUA CARREIRA E AS VENDAS DA SUA EMPRESA

Qualquer um pode vender na internet, mas precisa aprender essa técnica

A maior casa de research do Brasil não fez algo novo – ela só trouxe um método de fora e o aplicou onde ele ainda era pouco, para não dizer “nada”, conhecido. Agora a Empiricus se dispõe a repassar o conhecimento que a tornou o que ela é hoje. Mas, como veremos mais adiante, a iniciativa não se trata exatamente de uma boa ação e sim de uma necessidade.

Para continuar a crescer, a Empiricus precisa de mais copywriters. É por isso que ela criou este treinamento online para ensinar esta técnica a qualquer interessado e abriu uma vaga para contratar o melhor aluno (basta clicar aqui para participar da seleção). 

Quem está à frente do projeto é o próprio CMO da Empiricus, Roberto Altenhofen. Na definição do Felipe Miranda “o Beto é hoje a maior referência em marketing digital no Brasil”. “Posso assegurar: ele é um gênio e um dos maiores responsáveis por termos alcançado a escala que temos”, conclui. 

VEJA AS QUATRO PRIMEIRAS AULAS GRATUITAS DO TREINAMENTO DA EMPIRICUS E PARTICIPE DA SELEÇÃO PARA SER UM COPYWRITER 

Por que a Empiricus vai entregar sua estratégia de marketing?

Em 2020, os negócios digitais passaram por um boom causado pela pandemia. Segundo levantamento feito pela Mastercard, as vendas no e-commerce brasileiro no último ano saltaram 75% na base anual. Mais do que nunca, para quem empreende, é necessário saber vender na internet.

“Eu sempre tive medo de abrir informações internas que poderiam ser copiadas pelos outros. Tanto por pessoas comuns quanto por concorrentes”, comenta Roberto Altenhofen. 

O que fez a Empiricus mudar de ideia e abrir a caixa preta do marketing digital foi a necessidade de criar uma cultura de copywriting no Brasil.   

“Não existe essa indústria no Brasil. Ninguém faz isso direito por aqui. A Empiricus ao longo do tempo se associou a esse tipo de marketing. Mas a gente é visto como um patinho feio. Somos muito criticados por fazermos de forma diferente de todo mundo”, explica Altenhofen. 

Segundo ele, é hora da Empiricus desenvolver o mercado de copy no Brasil, para que mais players façam igual e isso seja tão natural como é nos Estados Unidos. Assim, a Empiricus valida o seu próprio modelo de negócio.

Além disso, com o avanço das vendas online, profissionais especializados em copywriting e em marketing digital estão em falta no mercado brasileiro. A própria casa de Research está com dificuldades de achar novos funcionários para o seu setor, uma vez que não existem, até então, cursos que formam esses profissionais por aqui. Veja só algumas vagas abaixo:

A Empiricus tem vagas abertas com salário acima de R$ 5 mil mensais – que, com comissão de vendas, pode chegar a um número de até cinco dígitos por mês. E, ainda assim, a empresa tem dificuldades em encontrar pessoas capacitadas. 

Como eu disse, esse mercado está ultra aquecido. Além do salário, alguém treinado em copywriting pode tirar comissões gordas, que podem chegar a até 70% do valor das vendas. 

Foi por isso que a Empiricus lançou o Copy Camp, o primeiro e mais completo treinamento para copywriters no Brasil. A Empiricus disponibiliza, de forma 100% online e gratuita, as quatro primeiras aulas. É a sua chance de conhecer melhor a técnica e ver se ela pode servir para você ou para seu negócio (inscreva-se de graça aqui).

O Copy Camp, que já está em andamento, é um curso essencial para quem deseja impulsionar seus negócios ou até mesmo para quem busca novas oportunidades de trabalho. E a grande vantagem é que você não tem motivo nenhum para deixar de ao menos espiar as quatro aulas gratuitas. 

[INSCREVA-SE AQUI] VEJA AS QUATRO PRIMEIRAS AULAS GRATUITAS DO COPY CAMP E APRENDA A FÓRMULA DO SUCESSO DA EMPIRICUS 

Para ser um copywriter profissional, você não precisa de nenhum diploma ou experiência prévia. Tudo que você precisa, segundo Altenhofen, são: 

  • Vontade de aprender
  • Gostar de ler e de escrever
  • Ter acesso a internet e um computador disponível

QUERO APRENDER A TÉCNICA DE MARKETING QUE FEZ A EMPIRICUS MULTIPLICAR POR 140 SEU NÚMERO DE CLIENTES EM SETE ANOS