Conteúdo Empiricus

Lojas Marisa (AMAR3) é uma barganha e pode dobrar de valor, diz analista; veja como ganhar 20 ações

25/09/2021 - 8:00
Loja da Marisa
Felipe Miranda, chefe da área de análise da Empiricus, lembra que a ação da Lojas Marisa está perto das mínimas históricas e vê potencial para alta expressiva na bolsa

A Lojas Marisa (AMAR3) sofreu com 5 anos consecutivos de resultados negativos. Desde então, ela virou o jogo e entrou no azul, como mostram os recentes resultados trimestrais positivos. A companhia é uma das candidatas a surfar a onda de recuperação da economia brasileira, com a reabertura de shoppings e a volta do consumo.

Esses fatores, somados ao fato de a ação negociar próximo a suas mínimas históricas, fazem dela a principal aposta de Felipe Miranda, sócio-fundador e CIO da Empiricus, no varejo de moda e vestuário. O papel da Lojas Marisa é uma das ações consideradas pelo Felipe Miranda uma das Oportunidades de Uma Vida. É assim que ele chama a sua lista de cerca de 20 ações preferidas da bolsa.

A ação da Marisa foi brutalmente penalizada durante a pandemia e ainda não se recuperou do baque. Para o Felipe, isso é uma oportunidade escancarada de compra. Fica comigo neste texto que mais abaixo eu vou te apontar como receber de presente 20 ações AMAR3. Antes disso, vou lhe explicar por que o Felipe está tão confiante com esta ação.

“Marisa tem apresentado sinais claros de melhoria operacional, e é uma reestruturação já em curso, não é algo para sei lá quando. E mesmo assim o mercado continua penalizando as ações”, argumenta Miranda.

“A esses preços é impossível não enxergar um belo buy opportunity. Estamos falando de uma ação que está mais de 40% descontada na métrica EV sobre Ebitda para 2021 [EV/Ebitda 2021] em relação a seus pares.”

Para se ter uma ideia, até o fechamento do pregão de ontem (23 de setembro de 2021), a cotação de AMAR3 estava em  R$ 5,73, pouco mais da metade do preço máximo de R$ 10,01 em 2021, atingido em 22 de junho, e dos níveis de R$ 15 do pré-pandemia. Além disso, as ações se desvalorizaram 21,18% só no último mês (de 24 de agosto a 23 de setembro). Veja o gráfico abaixo:

Fonte: Google Finance

O analista acredita que o pior tanto para o varejo de moda quanto para a empresa já tenha passado e que os preços atuais não refletem os avanços do negócio. “Com a normalização do macro, acho que a ação pode dobrar com a mesma rapidez com que caiu. Ou pelo menos ficar na faixa de R$ 8 a R$ 10”. 

VEJA COMO RECEBER UM DEPÓSITO DE 120 REAIS PARA COMPRAR 20 AÇÕES DA LOJAS MARISA

Dois motivos para acreditar que AMAR3 pode mais

Felipe Miranda acredita que a ação da Lojas Marisa é uma assimetria da bolsa. É quando o preço não reflete os fundamentos da empresa. Neste caso, a ação está barata e, na visão do Felipe, uma hora o mercado vai acordar para AMAR3. Quando isso acontece, a ação costuma receber uma pressão compradora, o que leva os preços para cima. O pulo do gato é identificar essas ações que estão na “promoção” e investir nelas antes da massa.

Existem alguns fatores conjunturais e do negócio que estão “segurando” a alta dos papéis. Mas se eles forem destravados, o papel tem potencial para se ajustar, segundo Felipe. Abaixo eu listo dois gatilhos que estão no ponto para serem acionados:    

1 – A economia voltando aos eixos 

Embora o varejo brasileiro tenha sido bastante impactado em 2020 por conta das medidas restritivas da pandemia de covid-19, aos poucos o setor vem dando sinais de recuperação. 

Segundo o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA), em agosto de 2021 as vendas reais (sem considerar a inflação) subiram 1,9% em comparação ao mesmo mês do ano passado e, nominalmente, o aumento foi de 16% – notícia boa principalmente para o segmento de moda e vestuário, que foi um dos mais afetados pelas limitações de funcionamento e até fechamento de lojas físicas.

Além disso, Cristiane Fensterseifer, também analista da Empiricus, ressalta o avanço da vacinação no Brasil e a demanda reprimida, por conta da pandemia, como fatores que tendem a levar os brasileiros cada vez mais a voltar a circular em shoppings e ter mais confiança em provar roupas e até realizar trocas de compras presencialmente. 

2 – Efeitos da reestruturação

O principal objetivo da diretoria da Marisa é reestruturar a companhia com foco no tripé marca, omnicanalidade e produtos financeiros. Além disso, ela está buscando cada vez mais otimizar estoques para reduzir custos e aumentar a margem de lucro. 

Como a própria pandemia abriu espaço para isso e escancarou essa demanda, já nos trimestres mais recentes a empresa tem concentrado forças na área do digital, direcionando mais de 2% da receita líquida como investimento, o que parece já render bons frutos: no segundo trimestre de 2021, as vendas no e-commerce subiram 67% (algo próximo de 22% do total de vendas), das quais 45% pelo aplicativo – que atingiu a marca de 8,8 milhões de downloads em junho. 

No varejo físico, as vendas também cresceram no segundo trimestre de 2021, somando R$ 492 milhões (um patamar três vezes maior que no mesmo período de 2020, o auge da pandemia). Em bases comparáveis, o indicador de vendas nas mesmas lojas (SSS, na sigla em inglês) cresceu 0,8% frente ao segundo trimestre de 2019.

E, para o último trimestre de 2021, Fensterseifer destaca a Black Friday e o Natal como momentos cruciais para alavancar ainda mais as vendas, principalmente considerando que boa parte da população já deve estar totalmente vacinada contra a covid-19 até o final do ano. 

Do lado qualitativo, a companhia também vem desempenhando um bom papel, e o “net promoter score” (NPS), índice de satisfação dos consumidores, bateu recorde em 2021 e chegou a 77% na operação física e digital.

Miranda traz sua visão a respeito desses resultados: “Vejo a companhia rodando a 55% de margem bruta, com 1/3 de custos e despesas a menos. Equity [valor de mercado] muito comprimido, capaz de surfar com muito vigor qualquer alavancagem operacional e o impacto de R$ 100 milhões a mais de venda é simplesmente brutal. Depois de anos estudando isso, entendo que estamos no exato ponto de inflexão de Lojas Marisa.” 

Você pode receber 20 ações AMAR3 de presente

Dentre as Oportunidades de Uma Vida, carteira de ações sugerida na série Palavra do Estrategista, pelo Felipe Miranda, Lojas Marisa é apenas uma das ações que já contribuíram para a valorização acumulada de +501,99% do portfólio desde setembro de 2015, quando a série foi criada.

Esse retorno se traduz em uma multiplicação de capital investido de 6 vezes em 6 anos para quem segue à risca as sugestões de investimento, enquanto o Ibovespa subiu 150,78% no mesmo período. 

Não à toa, hoje mais de 150 mil investidores assinam o conteúdo do estrategista-chefe da casa de análise. 

E, para que você possa começar a montar sua carteira e aproveitar a oportunidade de entrada em AMAR3 – que não se sabe até quando vai estar tão barata -, a Vitreo, parceira da Empiricus, está dando um cashback de R$ 120 a quem se tornar membro da série Palavra do Estrategista (confira os detalhes aqui) para que possa investir nos papéis de Marisa ou em qualquer outro que desejar.

Você pode fazer o que quiser com esse dinheiro, como:

  • Comprar ações da Lojas Marisa (AMAR3); na cotação da data de publicação desta reportagem, você consegue comprar 20 ações com 120 reais;
  • Comprar qualquer ativo disponível na corretora Vitreo, como outras ações, fundos imobiliários, títulos de renda fixa, etc;
  • Investir no fundo Oportunidades de uma Vida, que reúne todas as ações da carteira do Felipe Miranda;
  • Sacar os 120 reais da conta da Vitreo e fazer o que bem entender.

Não tem segredo, nem custo a mais. Funciona exatamente assim: você paga pela assinatura, pode acessar os conteúdos que já levaram tanta gente a entender melhor o mercado e ganha de volta um valor um pouco maior para investir.

Por que a Vitreo vai dar 120 reais na conta dos clientes?

E talvez você esteja se perguntando por que a Vitreo fez essa proposta de pagar para o investidor fazer a aplicação. Talvez também esteja em dúvida se vale a pena assinar a série Palavra do Estrategista para ganhar esse cashback. Acho importante esclarecer esses três pontos:

  1. O objetivo da Vitreo em depositar esse valor é retribuir o voto de confiança que você está dando ao topar conhecer todo o ecossistema oferecido e investir pela plataforma. 
  2. A Vitreo deseja que seus clientes entendam sobre investimento. É por isso que o depósito de 120 reais é um presente para aqueles que desejam ler os relatórios do Felipe Miranda e acompanhar os mercados.  
  3. A Vitreo defende a diversificação de investimentos. Pensando nisso, concentrar a parcela de ações em apenas uma posição é bastante arriscado. É por isso que ela oferece acesso às ideias de investimento do Felipe Miranda, para que você possa receber indicações de investimento além da Lojas Marisa.

E, embora AMAR3 esteja particularmente em um bom ponto de entrada, vale reforçar que os R$ 120 que serão depositados na em uma conta no seu nome podem ser usados para comprar ações da Lojas Marisa ou para aplicar em qualquer outro ativo disponível na Vitreo, incluindo fundo imobiliário, título de renda fixa ou o próprio fundo Oportunidades de Uma Vida, que replica todas as recomendações da série da Empiricus. Você pode até mesmo sacar esse dinheiro e fazer o que quiser com ele.

E se você quiser saber mais sobre as outras recomendações da série Palavra do Estrategista antes de investir em Marisa, os conteúdos podem te ajudar nisso, já que você poderá desfrutar deles por um ano. Nesse período, além de ser avisado sempre que surgirem novas oportunidades de investimento semelhantes a essa que te mostrei hoje, Miranda traz constantes atualizações sobre as posições da carteira, o que te permitirá acompanhar a performance de Marisa e tirar dúvidas sobre o case. 

Se você ainda está dúvida, você pode acessar neste link todos os detalhes da promoção para entender como tudo irá funcionar e o passo a passo para receber os R$120 e investir nas ações de Marisa ou em qualquer outro ativo:

QUERO RECEBER 120 REAIS EM UMA CONTA NO MEU NOME E TODAS AS INDICAÇÕES DE INVESTIMENTO DO FELIPE MIRANDA