Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Controle do Senado por democratas ajuda meta climática de Biden

08/01/2021 - 17:41
Joe Biden
Os democratas que controlam a Câmara e o Senado após o segundo turno da Geórgia na terça-feira podem ajudar a cumprir as ambições de energia limpa de Biden (Imagem: Facebook/Joe Biden)

A pequena vantagem que os democratas conquistaram no Senado renova as esperanças de ao menos uma legislação limitada para combater a mudança climática, como medidas para cumprir a promessa do presidente eleito Joe Biden de promover o uso de veículos elétricos e energia limpa.

Mas o ambicioso Green New Deal, bem como as propostas polêmicas para eliminar combustíveis fósseis e banir o fraturamento hidráulico, ainda está congelado.

“Pequenas maiorias na Câmara e no Senado podem não ser suficientes para que o partido de Biden promulgue uma lei climática abrangente”, disse Kevin Book, diretor-gerente da empresa de pesquisa ClearView Energy Partners. Ainda assim, acrescentou, “um Senado azul limitado poderia permitir um estímulo verde maior, e a captura de carbono e créditos de veículos elétricos poderiam fazer parte disso”.

Os democratas que controlam a Câmara e o Senado após o segundo turno da Geórgia na terça-feira podem ajudar a cumprir as ambições de energia limpa de Biden, gastando em programas de energia renovável e revogando incentivos fiscais que expandem os combustíveis fósseis. Eles serão capazes de confirmar mais rapidamente os indicados de Biden para regular a energia e o meio ambiente e revogar rapidamente algumas regras de Trump de última hora que amenizaram os padrões de eficiência e limites de poluição.

Ainda assim, com uma estreita maioria na Câmara – e seu controle no Senado depende do desempate da vice-presidente eleita Kamala Harris -, líderes democratas terão que contornar os moderados em seu próprio partido e atrair 60 votos para superar uma obstrução contra uma ampla legislação ambiental.

O controle do Senado “dará à agenda econômica de energia limpa dos democratas uma chance muito maior de aprovação, seja por meio de incentivos fiscais e medidas de gastos em um projeto de lei do orçamento ou legislação de infraestrutura mais ampla”, disse Paul Bledsoe, ex-assessor da Casa Branca sob o presidente Bill Clinton que agora trabalha no Progressive Policy Institute.

Última atualização por Diana Cheng - 08/01/2021 - 17:41

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web