Copa do Mundo

Copa do Mundo: O ‘last dance’ de Messi; talvez de Cristiano Ronaldo e Neymar

19 nov 2022, 14:00 - atualizado em 17 nov 2022, 22:01
Copa do Mundo Catar 2022
Copa do Mundo no Catar marca o adeus de Messi de Mundiais e, quem sabe, a despedida de Cristiano Ronaldo e Neymar (Imagem: REUTERS/Hamad I Mohammed)

A Copa do Mundo do Catar promete. Além de ser a mais cara da história, com estádios custando bilhões, é a Copa do adeus. Ou melhor, das últimas danças.

Os mais experientes talvez se lembrem da soberania do Chicago Bulls no basquete nos anos de 1990. Por trás de seis títulos da principal liga de basquete dos Estados Unidos, a NBA, estava um nome: Michael Jordan.

Mas todo grande atleta tem sempre um grande treinador. Jordan e os Bulls tinham Phil Jackson que, ao saber que a temporada de 1998 seria a sua última no comando do time, propôs ao seu plantel “a última dança” (The last dance). Isso é retratado no documentário de mesmo nome (traduzido para “Arremesso final”), disponível na Netflix.

Nesta Copa, além da torcida para o Brasil ser hexacampeão, veremos pela última vez a dança do craque argentino Lionel Messi. Talvez também sejam as últimas atuações em Copas do Mundo do astro português Cristiano Ronaldo e da estrela da seleção brasileira, Neymar Jr.

O último tango

“Esta será a minha última Copa do Mundo, com certeza. A decisão está tomada”. Foi assim que Messi confirmou em uma entrevista à plataforma de streaming Star+ que está se aposentando de mundiais. E possivelmente, da seleção argentina.

O craque do Paris-Saint Germain (PSG) disputará a sua quinta edição e se tornará o jogador da Argentina com mais participações em Copas do Mundo.

Messi está com 35 anos e, com a seleção argentina, soma 19 jogos em mundiais e desde 2006, marcou apenas seis gols.

O último fa(r)do

Aos 37 anos, a aposentadoria de Cristiano Ronaldo em Copas está nas mãos da seleção portuguesa. Isso porque, em entrevista recente a um jornalista inglês, o atacante disse que, caso Portugal seja campeão no Catar, ele se aposentará do futebol.

Do contrário, ele se vê em atividade por mais três anos, com a intenção de “pendurar as chuteiras” aos 40 anos. Vale lembrar que, na Copa do Mundo de 2026, CR7 – como é conhecido -, terá 41 anos.

Neste mundial, a estrela da seleção portuguesa pode chegar à uma marca inédita. Caso balance as redes, Cristiano Ronaldo será o único jogador da história do futebol a marcar gols em cinco Copas do Mundo.

O atacante, que não vive uma boa fase no Manchester United, também disputa a competição desde 2006 e fez gol em todas as edições, somando sete bolas na rede. Até então, ele atuou em 17 partidas de Copa.

Com a camisa de Portugal, CR7 acumula 117 gols e é o maior artilheiro por seleções da história do futebol.

O ‘last dance’ de Neymar?

Muito antes das dancinhas tomarem conta de vídeos em redes sociais, Neymar sempre arriscou fazer coreografias em campo, seja sozinho ou na companhia de seus “parças” de time. Nesta Copa, ele pode, de fato, fazer o seu “last dance”.

Em entrevista concedida ao site Globoesporte.com, em junho deste ano, o também jogador do PSG disse que atuará como se fosse a sua última Copa do Mundo. Em 2026, ele terá 34 anos.

“Você não sabe o dia de amanhã. Não posso te garantir que eu vou jogar outra Copa. Eu sinceramente não sei. Pode ser que eu jogue outra, pode ser que não. Depende. Vai mudar de treinador, não sei se o treinador vai gostar de mim. Tem muita coisa para ‘rolar'”, disse Neymar.

A estrela da seleção brasileira tem seis gols em dez jogos disputados nas Copas de 2014 e de 2018.

Siga o Money Times no Facebook!

Conecte-se com jornalistas e leitores do Money Times. Nosso time traz as discussões mais importantes do dia e você participa das conversas sobre as notícias e análises de tudo o que acontece no Brasil e no mundo. Clique aqui e comece a seguir a página do Money Times no Facebook!

Repórter
Jornalista mineira com experiência em TV, rádio, agência de notícias e sites na cobertura de mercado financeiro, empresas, agronegócio e entretenimento. Antes do Money Times, passou pelo Valor Econômico, Agência CMA, Canal Rural, RIT TV e outros.
Linkedin
Jornalista mineira com experiência em TV, rádio, agência de notícias e sites na cobertura de mercado financeiro, empresas, agronegócio e entretenimento. Antes do Money Times, passou pelo Valor Econômico, Agência CMA, Canal Rural, RIT TV e outros.
Linkedin