Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Copel prevê leilão ainda em 2020 para venda de unidade de telecom

15/05/2020 - 16:11
Leilão
O executivo afirmou também que o conselho de administração da Copel aprovou recentemente a continuação de estudos sobre a alienação da subsidiária de telecomunicações (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

A estatal paranaense de energia Copel pretende realizar ainda neste ano um leilão para a venda de sua unidade de telecomunicações, disse nesta sexta-feira o presidente da companhia, Daniel Slaviero.

Um documento com informações sobre o ativo e o processo de venda deverá ser divulgado na segunda-feira, acrescentou o executivo, ao participar de teleconferência com acionistas e investidores.

“A expectativa é de realizar o leilão até o final do ano, se as condições de mercado assim o permitirem”, afirmou ele, em referência a momentos de turbulência vividos nos mercados financeiros globais desde o início de uma pandemia de coronavírus.

“Um teaser com detalhes adicionais do negócio a partir de segunda estará disponível em nosso site e esclarecimentos (aos interessados no processo) poderão ser feitos com o Rothschild,”, disse Slaviero, referindo-se ao banco que tem apoiado a empresa no desinvestimento.

Espera-se que a legalização das apostas esportivas seja muito significativa aos impostos

O executivo afirmou também que o conselho de administração da Copel aprovou recentemente a continuação de estudos sobre a alienação da subsidiária de telecomunicações.

“Nós demos passos significativo nesta semana. Se não fosse a crise do Covid, certamente já estaríamos fazendo a aprovação final desse processo.”

Analistas do BTG Pactual apontaram em relatório no ano passado que a venda da Copel Telecom poderia levantar entre 1,6 bilhão e 1,8 bilhão de reais para a Copel.

INVESTIMENTOS E AQUISIÇÕES

Executivos da Copel ainda disseram durante a teleconferência desta sexta-feira que a empresa tem se esforçado para não cortar investimentos mesmo em meio à pandemia de coronavírus e ainda poderá aproveitar o atual momento para avaliar oportunidades de aquisição.

O programa de aportes da Copel prevê 2 bilhões de reais para 2020, com cerca de 1 bilhão de reais para a unidade de distribuição de energia do grupo, a Copel-D.

“Estamos fazendo de tudo para não afetar esse plano de 2 bilhões de reais mesmo com as incertezas da Covid”, disse o diretor financeiro, Adriano Rudek de Moura.

Já o presidente da elétrica destacou que a Copel está em situação “sólida” para enfrentar o atual cenário, com boa posição de caixa e alavancagem em queda, além de volume não significativo de dívidas a vencer em 2020.

Ele também ressaltou que a companhia concluiu recentemente grandes projetos que demandaram elevados aportes e esforços nos últimos anos.

“Isso nos abre atenção à compra de ativos ´brownfield´ que possam surgir no mercado diante da crise do Covid. Estamos com o radar atento para eventuais oportunidades”, afirmou.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por André Luiz - 15/05/2020 - 16:11

Pela Web