Internacional

Coreia do Sul anuncia visto para fãs da cultura do país; entenda a novidade

13 jan 2024, 17:00 - atualizado em 12 jan 2024, 15:10
coreia do sul
Coreia do Sul vai lançar visto Hallyu voltado para entusiastas da cultura (Imagem: Canva Pro)

A Coreia do Sul vai lançar um novo visto voltado para pessoas entusiastas da cultura do país. Batizado de “visto Hallyu” — também conhecido como Visto de Treinamento em K-Culture –, a novidade se refere à onda coreana que tem atraído diversas pessoas.

Com isso, não coreanos poderão se inscrever em academias de artes cênicas do país e permanecer por lá pelo período de até dois anos. O intuito do país é impulsionar a economia local, além de exportar influências culturais por meio de música, cinema, entre outras expressões artísticas.

O Ministério da Cultura, Esportes e Turismo da Coreia do Sul aponta as artes como “o motor da K-culture para a próxima geração”, apoiando jovens artistas a fim de impulsionar o turismo e ampliar o reconhecimento internacional da cultura sul-coreana.

Como vai funcionar o visto da Coreia do Sul?

Os detalhes do novo visto ainda não foram divulgados. No entanto, a expectativa é de que mais detalhes sobre o seu funcionamento e como obtê-lo sejam anunciados até o segundo semestre deste ano.

Contudo, a partir de janeiro deste ano, já está sendo testado um novo visto de trabalho para trabalhadores remotos de empresas estrangeiras que desejam permanecer na Coreia.

O “Workcation” reúne as palavras “trabalho” e “férias”, referindo-se a uma situação em que se trabalha remotamente durante uma viagem.

“Anteriormente, os trabalhadores remotos que viajavam na Coreia estavam limitados a estadias de até 90 dias. O novo visto de trabalho é válido por um ano após a entrada, com possibilidade de prorrogação por mais um ano”, explica o Visit Korea.

Repórter
Formada em jornalismo pela Universidade Nove de Julho. Foi redatora na área de marketing digital por 2 anos e ingressou no Money Times em 2022.
Linkedin
Formada em jornalismo pela Universidade Nove de Julho. Foi redatora na área de marketing digital por 2 anos e ingressou no Money Times em 2022.
Linkedin