Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

CPMI da JBS tenta votar relatório final; Marun negocia alterações no texto

14/12/2017 - 9:58

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CMPI) da JBS está reunida para discutir e votar o parecer do relator, deputado Carlos Marun (PMDB-MS).

A votação estava prevista para ontem, mas as sessões do Congresso Nacional para discutir vetos e votar o Orçamento de 2018 não permitiram. O regimento não autoriza votações em comissões durante a Ordem do Dia do Plenário.

Para tentar contornar resistências na comissão, Marun retirou do texto o pedido de indiciamento do ex-procurador geral da República Rodrigo Janot e do ex-chefe de gabinete dele na Procuradoria, o também procurador da República Eduardo Pellela.

Também retirou projeto sugerido pelo deputado Wady Damous (PT-RJ), que regulamentava as delações premiadas e proibia acordos com réus presos.

Mesmo assim, parlamentares como os deputados João Gualberto (PSDB-BA) e Delegado Francischini (SD-PR) e o senador Lasier Martins (PSD-RS) são resistentes à proposta.

Até o início da reunião, Marun negociava novas alterações no texto para viabilizar a votação.

O painel indica a presença de 22 parlamentares em plenário, já que a reunião é a continuação da que começou ontem, mas apenas oito se encontravam na comissão quando a sessão foi reaberta. São necessários 18 para que o relatório seja votado. Se algum membro da comissão pedir verificação de quórum e o número não for atingido, a reunião será cancelada.

Está prevista para hoje, às 17h, a posse de Marun como ministro da Secretaria de Governo, encarregado da articulação política do Palácio do Planalto.

Se o relatório não for votado hoje, o presidente da comissão, senador Ataídes Oliveira (PSDB-BA), deve indicar novo relator. O prazo de funcionamento da comissão termina no dia 22. Segundo Oliveira, não há apoio suficiente para que o prazo seja prorrogado – o que exige assinaturas de 171 deputados e 27 senadores.

A CPMI está reunida no plenário 2 da ala Nilo Coelho, no Senado.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Conrado Mazzoni - 14/12/2017 - 9:58

Cotações Crypto
Pela Web