Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Credit Suisse atenua planos de crescimento em meio à turbulência nos mercados

28/06/2022 - 14:04
Credit Suisse
Claramente, a taxa em que você vê algumas das iniciativas sendo implantadas deve ser moderada, devido ao ambiente de mercado (Imagem: REUTERS/Arnd Wiegmann)

O Credit Suisse deve “moderar” algumas de suas principais iniciativas de crescimento em gestão de patrimônio, à medida que concentra esforços em uma reestruturação institucional e no impulso em tecnologia, disseram executivos do banco na primeira atualização para investidores desde que uma nova estratégia foi definida.

Uma série de prejuízos e escândalos afetaram o preço das ações do Credit Suisse desde março de 2021, levando a demissões e uma revisão estratégica para redução da operação de banco de investimento e foco ainda maior na gestão das fortunas.

Esses planos foram definidos em novembro – antes que a inflação, o aumento das taxas de juros, os choques das commodities e a invasão russa na Ucrânia desencadeassem turbulências nos mercados financeiros e fizessem com que muitos investidores recuassem de empréstimos e de riscos percebidos.

Sob uma equipe de executivos em grande parte nova, o Credit Suisse disse que agora planeja estender o valor de economia esperado por meio de tecnologia, mantendo planos de expandir negócios com clientes ricos e ultrarricos, embora em um ritmo potencialmente mais lento.

“A estratégia de longo prazo não muda. Estabelecemos uma estratégia para construir um negócio de gestão de patrimônio bem-sucedido no longo prazo”, disse o chefe da divisão de wealth management, Francesco De Ferrari, a investidores e analistas.

“Claramente, a taxa em que você vê algumas das iniciativas sendo implantadas deve ser moderada, devido ao ambiente de mercado.”

O segundo maior banco da Suíça destacou em novembro ambições de redistribuir cerca de 3 bilhões de francos suíços (3,14 bilhões de dólares) para a divisão de gestão de patrimônio até 2024.

O presidente-executivo do Credit Suisse, Thomas Gottstein, disse que movimentos significativos de clientes na redução de empréstimos nos últimos trimestres podem agora afetar esses planos.

“Tivemos uma quantidade significativa de desalavancagem acontecendo (nos últimos trimestres), provavelmente mais do que esperávamos em novembro”, disse Gottstein.

“Em princípio, nosso plano continua sendo aumentar nossa carteira de empréstimos em gestão de patrimônio e seguir com os 3 bilhões. Mas dado o que aconteceu nos últimos dois trimestres, é claramente uma base ligeiramente diferente de onde ir.”

Foco em Tecnologia

De Ferrari disse nesta terça-feira que eventos recentes tiveram claramente um efeito sobre a reputação do banco, o que se traduziu em “impacto parcial” na tendência dos negócios.

Clientes empresariais ricos expressaram apoio à instituição, afirmou o executivo, mas recrutar novos clientes ultrarricos provou-se mais “desafiador”.

O banco alertou em junho para um potencial prejuízo no segundo trimestre, o terceiro trimestre consecutivo para o qual o Credit Suisse emitiu comunicação nesse sentido.

O banco afirmou que planeja gerar 200 milhões de francos suíços (209,1 milhões de dólares) em economia de custos por meio da tecnologia em cada um dos anos de 2022 e 2023, além de mais 400 milhões de francos no médio prazo.

A consolidação de data centers e outras medidas de simplificação devem adicionar mais 400 milhões de francos em economia de custos além disso, disse Joanne Hannaford, a nova diretora de tecnologia e operações, que ingressou em janeiro no banco, vinda do Goldman Sachs.

Entre para o nosso Telegram!

Faça parte do grupo do Money Times no Telegram. Você acessa as notícias em tempo real e ainda pode participar de discussões relacionadas aos principais temas do Brasil e mundo. Entre agora para o nosso grupo no Telegram!

Última atualização por André Luiz - 28/06/2022 - 14:04

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado de tecnologia?
Receba toda sexta-feira as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto