Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Crédito do BNDES associado à geração de emprego é rejeitado por comissão da Câmara

21/11/2019 - 10:48
Para o relator Dom Luiz Órleans e Bragança, se a medida fosse aprovada, prejudicaria o financiamento de projetos empresariais de expansão baseados em tecnologia e mecanização (Imagem: Agência Câmara)

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara dos Deputados rejeitou nesta quarta-feira (20) projeto que condiciona a concessão de financiamento pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) à criação de postos de trabalho na empresa.

Segundo o texto rejeitado, o tomador do empréstimo deverá apresentar documento que trate especificamente da meta de ampliação de empregos relacionada ao financiamento. O projeto (PL 5839/16) é de autoria do deputado licenciado Moses Rodrigues (MDB-CE).

A rejeição foi pedida pelo relator da proposta, deputado Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL-SP). Para ele, a medida, se aprovada, prejudicaria o financiamento de projetos empresariais de expansão baseados em tecnologia e mecanização.

Nesses casos, segundo ele, ainda que ocorra uma redução de postos de trabalho na empresa beneficiada pelo crédito, há expansão do nível geral de empregos na economia, com a criação de vagas de maior qualidade nas empresas responsáveis pelo fornecimento de equipamentos.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

“Nesse caso, haveria expansão de nossa produtividade e expansão de empregos em áreas que demandam maior qualificação e geram maior renda”, disse Orleans e Bragança. Ele afirmou ainda que somente o Poder Executivo pode determinar mudanças no perfil de crédito do BNDES.

Tramitação

O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado agora pelas comissões de Finanças e Tributação; e Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Última atualização por Lucas Simões - 21/11/2019 - 10:48

BTG Digital já representa R$ 10 bilhões do valor do BTG Pactual, segundo o UBS